Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

4 benefícios da proteína do leite para a saúde

4 benefícios da proteína do leite para a saúde
11:00 am ,30 de janeiro de 2018

Quando o assunto é dieta e alimentação, é comum ouvir falar da importância das proteínas e existem boas razões para isso. No caso da proteína do leite, sua atuação engloba várias funções do organismo. Ana Paula Del’Arco, nutricionista e consultora da Viva Lácteos (Associação Brasileira de Laticínios), mostra quatro de seus benefícios à saúde.

1. Garantem o constante fornecimento de aminoácidos
As proteínas lácteas são compostas pelas caseínas (proteínas altamente estáveis, com metabolização mais lenta e absorção contínua) e pelas proteínas do soro (conhecidas como whey-protein e absorvidas mais rapidamente), que representam 20% das proteínas do leite e se destacam por sua importância na síntese de proteínas do sangue e dos tecidos.
A combinação de fornecimento de proteínas e aminoácidos em períodos diferentes garante que o corpo tenha sempre à disposição os elementos necessários para desempenhar devidamente suas funções.

2. Ajudam na construção de massa muscular
Os aminoácidos de cadeia ramificada (leucina, isoleucina e valina), também conhecidos como BCAA (Branched-Chain Amino Acids), são encontrados no soro do leite e atuam na recuperação dos músculos depois de exercícios físicos, bem como na sua regeneração durante o repouso, fatores essenciais da construção e fortalecimento de massa muscular.

3. Atuam na proteção do organismo
Além de suas características construtoras, o soro do leite contribui também para as respostas imonulógicas, antimicrobianas, antivirais do organismo, e ainda para as funções que protegem a mucosa gástrica e o sistema cardiovascular.

4. Dão sensação de saciedade
As moléculas da proteína do leite têm características bioquímicas mais complexas, o que aumenta o tempo de sua digestão. Isso resulta na sensação de saciedade, fazendo com que se ingira menos quantidade de alimentos.

“É sempre importante lembrar que nenhum alimento ou nutriente atua sozinho no organismo. A proteína do leite contribui de várias formas para o bom funcionamento do nosso corpo, mas é necessário ter uma alimentação equilibrada para garantir os benefícios de todos os nutrientes”, salienta Ana Paula.

Sobre a Viva Lácteos:
É a Associação da indústria de lácteos que tem como missão promover o crescimento e a produtividade do setor, permitindo assim melhora do ambiente de negócios, ganhos de produtividade e aumento da competitividade no mercado interno e externo, por meio da promoção às exportações. É composta por fabricantes de produtos lácteos (ALIBRA, AURORA, AVIAÇÃO, CCA, CAROLINA, CASTROLANDA, CATUPIRY, CCGL, DANONE, DPA, DAVACA, EMBARÉ, FRIMESA, FRÍSIA, FONTERRA, ITALAC, ITAMBÉ, JUSSARA, KERRY, LACTALIS, MOCOCA, MONDELÉZ, NESTLÉ, OUROLAC, PIRACANJUBA, POLENGHI, PORTO ALEGRE, REGINA, SCALA, SCHREIBER, TIROLEZ, VIGOR, VERDE CAMPO E YAKULT) e associações do setor, como a ABIQ (Associação Brasileira da Indústria de Queijo) e a ABLV (Associação Brasileira da Indústria de Leite Longa Vida).

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados