Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

5 dicas para conquistar a confiança dos seus clientes

5 dicas para conquistar a confiança dos seus clientes
14:00 pm ,19 de abril de 2016

Ter interesse em um produto, e este apresentar um preço atrativo, não é mais fator determinante para que o consumidor realize a compra numa loja virtual. Além de muitas pessoas ainda terem medo de realizar compras na internet pela suposta falta de segurança, pontos como um bom layout, informações claras sobre a empresa e manter um relacionamento entre cliente e empresa, são diferenciais na hora do consumidor optar por um e-commerce. Confira a seguir cinco dicas para conquistar a confiança do consumidor e alavancar as vendas no e-commerce:

Invista em relacionamento
Enquanto no e-commerce algumas lojas se diferenciam apenas pelo preço, o segredo está na aproximação com o cliente. Conforme aponta Ricardo Ramos, CEO da Precifica, primeira empresa do Brasil especializada em precificação inteligente, “investir no relacionamento com o cliente de forma humanizada, mesmo que através de sistemas, criando um diferencial no tratamento dele como pessoa e não somente como um comprador vai ajudar a construir um vínculo de longo prazo e conquistar o seu Share of Mind”.

Além disso, o cliente gosta de saber que você otimizou alguma coisa por causa dele, e se sente cada vez mais participativo na evolução do seu negócio. Uma boa alternativa, é investir num canal de comunicação direta com ele. “Incentive os seus clientes a deixarem opiniões sobre sua experiência de compra, nas redes sociais”, sugere Maurício Salvador, presidente da ABComm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico.

Evidencie informações sobre a empresa
Ter uma página dedicada com informações de sua empresa, sua história, missão e valores faz com que o seu cliente tenha confiança na hora da compra. Não importa o tamanho de sua empresa. “Sempre por trás de um negócio há uma história bacana, conte a sua da forma mais encantadora possível”, declara Eduardo Gimenes, gerente de marketing da Tray, empresa especializada em soluções de e-commerce.

Se o cliente tiver algum dúvida sobre algum produto ou quiser entrar em contato com a empresa, é importante que ele encontre o caminho facilmente. “Deixe visível as informações de contato (telefone de preferência fixo) e endereço da matriz da loja”, indica Luan Gabellini, sócio fundador da BetaLabs, empresa especializada no desenvolvimento de sistemas de gestão empresarial (ERP), e-commerce e softwares sob medida em cloud computing.

Surpreenda no layout
Escolher um layout para a loja virtual parece simples, mas uma decisão errada pode comprometer o desempenho do e-commerce. O layout da loja virtual é um dos pontos que mais levam credibilidade para o cliente.

Um layout bem organizado e profissional pode ser um fator determinante para que o cliente tenha confiança na loja virtual. “O layout é a primeira imagem que um consumidor tem do comércio eletrônico. Se estiver bem estruturado, com a combinação correta de cores e velocidade adequada, representa um importante passo para a realização da compra e fidelização do cliente”, aponta Eduardo Gimenes, da Tray.

Otimize os prazos de entrega
Um fator crítico na decisão de compra é o prazo de entrega. Apesar do segmento estar evoluindo positivamente no cumprimento do prazo de entrega prometido, ainda há espaço para melhorar e esta é sem dúvida uma grande oportunidade para fidelizar clientes.

Ricardo Ramos, da Precifica, relata a importância de surpreender o cliente entregando pouco antes do prazo prometido, e incluir no cálculo do prazo de entrega uma margem de segurança. “Um cliente surpreendido positivamente tem grandes chances de se tornar um promotor da marca e voltar a comprar na sua loja”, acrescenta ele.

Transmita segurança
A segurança é sem dúvidas um dos itens que melhor garante a confiança do cliente no e-commerce. Maurício Salvador, da ABComm, sugere: “empresas que estejam iniciando ou que não tenham uma marca conhecida nacionalmente, usem meios de pagamentos mais conhecido”.

É importante também, se atentar aos detalhes mais técnicos. “É necessário possuir certificações de segurança como PCI-DSS, que atestam a conformidade da manipulação segura dos dados de cartão de crédito; disponibilizar segundo fator de autenticação para clientes; utilizar boleto registrado e não enviar a senha no processo de recuperação de senhas”, instrui Rafael Abdo, gerente de segurança da Locaweb.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados