Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

A cidade dos sonhos: Ronda

A cidade dos sonhos: Ronda
16:00 pm ,21 de setembro de 2016

por Aline Viana

O primeiro post da nossa série pela Espanha traz a encantadora cidade de Ronda, chamada de “cidade dos sonhos” pelo poeta alemão Rainer Maria Rilke.

Ronda é uma cidade que faz parte da província de Málaga. Pertence à comunidade autônoma de Andaluzia, assim como Sevilha. De Sevilha a Ronda são 125 km (aproximadamente 2h de viagem de ônibus). Assim, para quem está passando uma temporada em Sevilha, fica a dica de reservar um dia para conhecer Ronda (como as duas cidades são próximas, vale a pena ir a Ronda para voltar no mesmo dia: um dia é suficiente para conhecer as principais atrações da cidade). A estrada que liga Sevilha a Ronda é bem sinalizada, bem pavimentada e garante um visual bem bonito!

Ronda se situa no alto de um rochedo, é rodeada por montanhas (diferentemente de Sevilha, cujos arredores são mais planos) e, por estar situada em altitude elevada, é uma cidade onde venta bastante, fator responsável por uma sensação térmica amena, mesmo nos dias quentes do verão. A cidade faz parte dos “pueblos blancos”, nome dado a um conjunto de cidades espanholas montanhosas e fortificadas, repletas de casinhas e edifícios brancos (caiados no estilo mouro).

O símbolo de Ronda é uma ponte chamada “Puente Nuevo” (ponte nova), construída no século 18. Esta ponte atravessa uma grande fissura apelidada de “Garganta del Tajo”, e liga a antiga cidadela árabe (La Ciudad) à cidade nova (bairro Mercadillo).

Uma das principais atrações da cidade é o “Palacio de Mondragón” (calle de Manuel Montero), onde está o “Museo de Ronda”. Esse palácio foi uma antiga residência real árabe. Posteriormente os cristãos o dominaram e realizaram algumas mudanças “decorativas”. Assim, hoje o palácio mescla a herança árabe e a cristã. O “Palacio de Mondragón” possui alguns pátios (estratégia dos árabes para diminuir o calor no interior das casas – realmente funciona!) e jardins (muito bonitos, por sinal).

Outro destaque de Ronda são os “Baños Árabes” (comuns em várias cidades da Andaluzia). Trata-se de lugares de encontro, conversação, asseio e repouso, muito importantes porque a religião muçulmana exige de seus fiéis higiene e limpeza. Quem vai a Ronda também não pode deixar de visitar a famosa “Plaza de Toros” (Calle Ruedo Doña Elvira, 12): inaugurada em 1785, trata-se de uma das mais antigas praças de touros da Espanha. É, também, a maior arena de touros do mundo: são 66 metros de diâmetro.

Espero que vocês tenham gostado de conhecer um pouquinho da linda cidade de Ronda. Não percam os próximos posts da série! Acho que vocês vão adorar! 🙂

Aline Viana é advogada e blogueira; divide seu tempo entre atividades jurídicas, viagens, artesanato, culinária… E compartilha suas experiências no seu blog pessoal (Beleza Tem a Ver) e no instagram (@alinevianadpatrus).

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados