Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

A importância de uma boa noite de sono

A importância de uma boa noite de sono
17:00 pm ,7 de março de 2019

Não por acaso uma pesquisa da Associação Brasileira do Sono aponta que 36,5% dos brasileiros dormem mal. A consequência disso é que o sono acaba prejudicado e com o tempo é inevitável que o corpo sinta os efeitos da ausência de repouso. Não se pode menosprezar, portanto, a importância de uma boa noite de sono.

Segundo Renato Zilli, endocrinologista do Hospital Sírio-Libanês, basta dormir menos de 7 horas para sentir os primeiros efeitos negativos. O consumo de insulina pelo organismo, por exemplo, cresce em 30%. O especialista compara o efeito à ingestão de um prato de macarrão.

Naturalmente isso implica no ganho de peso com o tempo. É claro que para algumas pessoas a dificuldade de obter um repouso adequado é maior. Seja por conta de insônia ou problemas respiratórios. O problema é que o déficit na qualidade do sono pode levar a quadros de hipertensão, obesidade e diabetes. Até mesmo a depressão pode estar relacionada à falta de repouso.

Uma boa noite de sono faz bem para mente e corpo

Se há uma parte do nosso organismo que demanda repouso de qualidade é o cérebro. As próprias funções do órgão são impactadas pelas horas e qualidade de sono. Segundo a neurocientista Dalva Poyares, este é um momento sensível, pois é quando ocorre a regulação de substâncias químicas neurotransmissoras.

O processo ajuda a fortalecer as conexões que formam a memória. A concentração e capacidade de aprendizado dependem muito desta regulação também. Lembrando ainda que é apenas dormindo que os órgãos poderão funcionar de modo adequado. E mais: a insônia prolongada resulta em estresse, elevando a pressão sanguínea. No médio prazo isso pode levar à hipertensão.

Segundo a organização internacional Endocrine Society os ossos também sofrem com isso. Estudos apontam que há relação entre a apneia do sono e osteoporose. Como, então, dormir bem e evitar todos estes problemas graves de saúde?

Como dormir melhor

Para conseguir repousar de forma adequada é fundamental se desligar do mundo. Ou seja, este é um momento em que se deve colocar os smartphones de lado. Além disso, o repouso necessita ser regular. Isso significa que os horários para deitar e despertar são ambos essenciais.

Não menos importantes são os travesseiros e colchões, pois a inadequação destes itens pode prejudicar coluna e pescoço. Isto resulta em dores na lombar e enxaquecas e naturalmente o repouso será afetado negativamente. Sempre evitar substâncias estimulantes antes de dormir. Portanto, evita-se café, refrigerante, certos chás, chocolate, dentre tantos outros.

Com relação à cafeína é importante lembrar que ela pode ficar no sangue por até 9 horas consecutivas. Dormir de estômago vazio ou muito cheio também é uma receita para a insônia.

Uma ajuda para melhorar o sono

Mesmo entendendo a importância de uma boa noite de sono e observando as dicas citadas podem ocorrer dificuldades para conseguir dormir. Por vezes é necessária uma ajuda para o corpo entrar no estado de relaxamento. Na maior parte das vezes basta a influência do ambiente. Não obstante, há também os casos em que certos princípios ativos podem ajudar no processo.

Medicamentos com substâncias ativas de origem natural, como Nervocalm®, atuam equilibrando o organismo, colaborando para melhorar a qualidade do repouso, tendo sempre em vista que a importância de uma boa noite de sono está em proporcionar funcionamento adequado ao organismo.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados