Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

Análise de ações permite identificar tendências do mercado

Análise de ações permite identificar tendências do mercado
14:00 pm ,20 de julho de 2016

Quem acompanha o mercado financeiro já ouviu falar sobre um termo bastante usado em momentos de incertezas: aversão ao risco. A expressão é bastante usada por analistas quando algum acontecimento irrompe de forma brusca ou inesperada. Os investidores ficam mais receosos quanto às consequências do fato e passam a ter mais cautela na hora de fazer operações na Bolsa de Valores.

Exemplos desse comportamento podem ser vistos na movimentação da Bovespa após ocorrências significativas, como o resultado do referendo britânico, confirmando a ruptura com a União Europeia, o processo de impeachment no Brasil e, mais recentemente, o atentado terrorista em Nice, na França. Neste último acontecimento, por exemplo, houve aumento da aversão ao risco do investidor, causando queda em várias bolsas europeias.

Esses são alguns exemplos mais críticos para ilustrar essa movimentação do mercado, mas isso também se aplica ao dia a dia. Mesmo quando não há grandes acontecimentos, é possível perceber padrões de compra ou venda de determinada ação em um dado período de tempo.

Mas como reconhecer essas tendências sobre o preço das ações? Para isso, os investidores mais versados e os analistas do mercado utilizam a Análise Técnica . Essa ferramenta é muito importante para identificar padrões de comportamento de compradores e vendedores em meio ao dinamismo da Bolsa de Valores.

Para um investidor iniciante pode parecer muito complicado entender e identificar esses padrões. Mas não é difícil distinguir qual o cenário de maior probabilidade e aproveitar as melhores oportunidades de negócio.

Entenda a ferramenta dos investidores de sucesso

O mercado de ações é baseado na lei de oferta e procura, portanto, a oscilação do valor de uma ação depende de como os investidores interpretam o cenário econômico no momento. Os compradores e vendedores repetem certos padrões de comportamento e assim é possível identificar excelentes oportunidades para investir com maior rentabilidade.

A análise técnica, também conhecida como análise gráfica , funciona como um instrumento de avaliação do mercado. Voltada principalmente para operações de curto prazo e de Day-Trade, essa ferramenta é bastante usada por investidores inteligentes justamente por ser poderosa e muito eficaz.

Segundo Márcio Placedino, analista de mercado e planejador financeiro com certificado CFP®, uma das maiores vantagens da análise técnica é o poder de reação para superar mudanças de cenário. “Essa ferramenta não prevê o futuro. Na verdade, ela possibilita que o investidor tenha poder de reação e possa se posicionar de acordo com o cenário de maior probabilidade, maximizando lucros e minimizando perdas”, explica.

Para identificar padrões e tendências na conduta dos investidores, a análise gráfica utiliza dados e probabilidade estatística. Essas informações são obtidas com a avaliação de diferentes indicadores que, quando conjugados, oferecem o melhor caminho a se seguir dentro do contexto analisado. Importante ressaltar que não há como ter certeza absoluta, mas quando bem feita a análise oferece ótimas chances de ter sucesso na operação.

Brasileiros estão mais atentos aos bons investimentos
A importância de se estudar o mercado para tomar as melhores decisões em investimentos vem ganhando cada vez mais adeptos no Brasil. Apesar de os brasileiros ainda operarem pouco em comparação a países emergentes, o número de investidores nacionais está crescendo gradativamente.

Com a alta da inflação, os brasileiros estão fugindo da poupança e buscando investimentos mais rentáveis, como o Tesouro Direto. Essa modalidade de aplicação além de oferecer melhores rendimentos e segurança, também pode ser usada como margem de garantia para operações na Bolsa de Valores.

E é na bolsa que os brasileiros estão cada vez mais presentes. Entre 2002 e 2016, a quantidade de investidores pessoa física inscritos na BM&F Bovespa passou de 85 mil para mais de 560 mil. Só na última década, esse número cresceu mais que 100%.

O volume total movimentado também aumentou bastante. Em 2016, até a metade de julho, já foram mais de 930 trilhões de reais movimentados. Sendo que, em 2006, esse número não chegou a 600 trilhões na soma do ano todo.

Esses dados corroboram a ideia de que os brasileiros estão mais exigentes em relação aos investimentos e têm um grande potencial a ser explorado no mercado financeiro. Uma forma de desenvolver essa potencialidade é investir cada vez mais em conhecimento e aprendizagem. Isso porque entender a dinâmica do mercado e aprender a analisar suas tendências é o primeiro passo para ter investimentos bem-sucedidos.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados