Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Ano começa com retração de fluxo no varejo físico

Ano começa com retração de fluxo no varejo físico
15:00 pm ,5 de fevereiro de 2016

Janeiro registrou queda de 6,7% no fluxo de pessoas no varejo físico se comparado ao mesmo período de 2015. Quando o comparativo é feito com o mês anterior (dezembro 2015), a retração é de 34,6%, puxada pela sazonalidade do Natal. Os números são da Virtual Gate, empresa especializada no monitoramento do tráfego de pessoas em lojas de varejo.

Variação percentual referente mês anterior

unnamed

Os números mostram ainda que o fluxo médio de janeiro de 2016 foi próximo ao registrado em fevereiro de 2015, o que gera um alerta para a provável retração em fevereiro 2016, reforçado pelo período de Carnaval. O estudo registrou também que as regiões Centro-Oeste (-8,5%) e Sudeste (-7,5%) encabeçaram a queda de fluxo na comparação entre janeiro de 2016 em relação ao mesmo período de 2015, com reduções acima dos 7%. A região Norte do País foi a única a registrar crescimento no período com uma pequena alta de 0,1%.

unnamed(1)

unnamed(2)

unnamed(3)

unnamed(4)

Na opinião de Caio Camargo, diretor de Relações Institucionais da Virtual Gate, são fatores que combinam para a queda no mês de janeiro. “Tradicionalmente o consumo diminui neste por conta das despesas fixas de início do ano. Isso, combinado com o momento de maior cautela por parte do consumidor, puxou os números para baixo”, avalia o executivo.

A Base consta com mais de 1200 pontos de medições (lojas), adota a Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAE, na sua versão mais atual 2.0, ponto de referencia Base 100 = Janeiro de cada ano para comparativos anuais, e Base = 100 primeiro mês analisado no comparativo mês a mês.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados