Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

CEO da Adobe passa a integrar ranking dos 20 principais líderes

CEO da Adobe passa a integrar ranking dos 20 principais líderes
14:00 pm ,13 de junho de 2016

O CEO da Adobe, Shantanu Narayen, acaba de ser reconhecido como um dos 20 CEOs mais bem avaliados em 2016 por colaboradores de grandes empresas dos Estados Unidos, de acordo com levantamento do Glassdoor, um dos principais sites norte-americanos de busca de empregos e recrutamento. Com um índice de aprovação de 95%, o líder da Adobe saltou da 47ª posição, em 2015, para a 20ª nesta última edição do ranking, construído a partir de feedbacks de funcionários coletados entre fevereiro de 2015 e janeiro de 2016.

O atual CEO da Adobe está no cargo de principal executivo da companhia desde 2007, quando assumiu aos 44 anos. Ele começou na empresa em 1998, como presidente e COO, responsável pelas operações globais do dia a dia da Adobe, pesquisa e desenvolvimento de produtos, marketing e desenvolvimento corporativo. Em 2011, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, nomeou Narayen para o Conselho Consultivo de Gestão, criado em 2010 para fornecer conselhos sobre como implementar as melhores práticas de negócios, incluindo a aplicação da tecnologia em assuntos relacionados à gestão do governo federal. Shantanu Narayen também integra o conselho da Pfizer, Inc. e o Conselho Consultivo da Haas School of Business da Universidade da Califórnia, em Berkeley.

Além de Shantanu Narayen, as 20 primeiras colocações do ranking Glassdoor contam com nomes como Mark Zuckerberg (Facebook), Jeff Weiner (LinkedIn), Tim Cook (Apple) e David S. Taylor (Procter & Gamble). A lista é composta por um total de 50 executivos. Eles são ranqueados a partir de índice de aprovação obtido por meio de respostas dos funcionários, que apontam se aprovam ou desaprovam a forma como o CEO está liderando a empresa.

O Glassdoor mantém uma base de dados crescente de mais de 8 milhões de avaliações de empresas, índices de aprovação de CEO, relatórios de salário e outras informações do mercado de trabalho dos EUA. Ao longo do ano, também são recolhidas opiniões dos colaboradores das companhias sobre temas como remuneração, benefícios e integração na vida profissional.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados