Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Cervejas artesanais conquistam cada vez mais os brasileiros

Cervejas artesanais conquistam cada vez mais os brasileiros
11:00 am ,16 de outubro de 2018

Com diferentes aromas e ingredientes, as cervejas artesanais estão ganhando cada vez mais espaço no mercado brasileiro. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), em apenas nove meses, o número de cervejarias artesanais independentes teve um crescimento de 23%. No mês de dezembro de 2017 eram 679 estabelecimentos, agora o setor conta com 835, isso sem considerar as que operam informalmente, que somadas poderiam chegar na casa dos cinco mil.

O Brasil é o terceiro maior mercado mundial de produtores de cerveja, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e da China. Segundo a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil), quando se trata da produção da bebida o Brasil dispõe de cerca de 117 mil hectares plantados com cereais destinados ao setor. Outro fator relevante sobre as cervejarias artesanais independentes, segundo a Abracerva, é a quantidade de empregos gerados: 15 vezes mais por litro produzido, se comparado às grandes marcas.

Os hábitos dos consumidores de cervejas também mudaram. Com isso as cervejarias artesanais e independentes ganharam espaço, e a degustação da bebida mudou de foco.

Embora as grandes marcas dos grupos cervejeiros sejam hegemônicas, as pesquisas apontam, que um dos principais motivos para o aumento do consumo é o sabor diferenciado das cervejas artesanais, mas a cultura e a moda têm um impacto significativo. Em números, cerca de 12% de pessoas entrevistadas afirmam que consomem cerveja artesanal com frequência e 53% já tomaram algumas vezes. O perfil predominante é de homens que têm entre 25 e 40 anos. Apesar disso, as mulheres também têm expressado o interesse por bebidas diferenciadas e especiais.

Muitos setores têm explorado produtos especiais e inusitados para atrair clientes. Com as cervejas artesanais um novo público está surgindo, valorizando os produtos locais e a qualidade das produções em pequenas escalas.

No bar de cervejas artesanais Capitão Barley, a produção artesanal é realizada in loco. São cerca de 1.500 litros por mês, produzidos em equipamento com capacidade de apenas 300 litros, que atendem todas as exigências sanitárias e simulam um equipamento de uma fábrica maior, mas de maneira artesanal.

De acordo com Amilcar Parada, idealizador e sócio do Capitão Barley, o mercado de cervejas artesanais no Brasil tende a crescer muito nos próximos anos.

“Cada vez mais consumidores entendem o valor que os produtos artesanais têm. Aqui no Barley utilizamos tudo o que há de melhor na produção das cervejas, com ingredientes selecionados dos melhores lugares e produtores do mundo, como malte de cevada e lúpulos”. Sobre os sabores das cervejas, ele lembra que “no Brasil temos muita criatividade e possibilidade de crescimento, estamos no caminho certo”, completou Amilcar.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados