Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

Como organizar sua vida financeira?

Como organizar sua vida financeira?
10:55 am ,18 de agosto de 2016

Você está atento às suas finanças? A resposta para essa pergunta é, muitas vezes, evitada por boa parte das pessoas, que preferem não fazer uma análise mais profunda da sua vida financeira. No entanto, a preocupação com o assunto deve ser constante e, segundo o professor da FGV e palestrante nas áreas de Finanças, Governança e Gestão, Andriei Beber, aqueles que não se atentam a isso e deixam de organizar suas finanças acabam sofrendo graves consequências, como o endividamento, a falta de dinheiro para situações emergenciais, problemas familiares, entre outros. “Para conquistarmos estabilidade financeira não existe muito segredo. É preciso fazer algumas ações, consideradas simples, que envolvem, principalmente, disciplina e planejamento. A partir de iniciativas implementadas na rotina diária, qualquer pessoa pode obter um equilíbrio financeiro”, ressalta o professor.

Para ajudar a organizar suas finanças, Andriei dá algumas dicas importantes. Confira abaixo:

1 – Não compre apenas “por comprar”:
Antes de comprar qualquer coisa, pergunte-se: eu realmente preciso disso? Pode parecer algo simples, e até mesmo óbvio, mas muitas pessoas acabam comprometendo todo o seu salário, ou até mais, com coisas supérfluas, que acabaram comprando no calor do momento. Antes de realizar qualquer compra, pense se realmente a compra é necessária. Se a compra for realmente necessária, outra dica importante é comparar preços e tentar negociar melhores condições de compras.

2 – Tenha objetivos financeiros:
Planos e metas servem para tudo na vida e na rotina financeira isso não é diferente. Ao estabelecer objetivos, você acaba se incentivando a controlar melhor os gastos e, consequentemente, poupa mais. Defina planos a curto e médio prazo e se prepare da melhor maneira para isso.

3 – Tente pagar suas contas à vista:

O cartão de crédito pode, muitas vezes, ser considerado o vilão de uma vida financeira saudável. Se não for bem utilizado, ele acaba comprometendo suas finanças e lhe causando graves problemas com dívidas desnecessárias. Se você tem o dinheiro na mão, tente pagar à vista. Assim, fica mais fácil até para pedir descontos e conseguir economizar um pouco a mais.

4 – Esteja atento aos pequenos gastos:

Nem sempre conseguimos perceber que os gastos diários pequenos podem comprometer, e muito, o nosso orçamento. O cafezinho com o pão de queijo e aquela sobremesa da padaria, comprados diariamente, custam apenas R$ 15,00. No entanto, multiplique por 30 dias e você verá que esse pequeno gasto se transformará em uma dor de cabeça no final do mês. Fazer uma compra no mercado e preparar o lanche em casa pode ser uma boa opção para diminuir esse tipo de gasto.

Sobre Andriei Beber
Andriei José Beber é especialista e palestrante nas áreas de Finanças, Gestão e Governança. É Doutor em Engenharia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados