Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

Como se destacar no mercado?

Como se destacar no mercado?
17:00 pm ,18 de maio de 2016

O desemprego ficou em 10,9% no 1º trimestre de 2016, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa é a maior desde o início da série da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) em 2012. O número de desocupados subiu quase 40% sobre mesmo trimestre de 2015.

A pergunta é, com tanta gente desempregada e com a constante redução dos postos, como se destacar no mercado? De acordo com o professor da IBE-FGV, Joeval Martins, executivo do mercado de tecnologia com ampla experiência de mercado, você precisa, primeiramente, de seu propósito pessoal.

“Pergunte-se que o coloca em movimento, descubra a sua motivação e planeje o primeiro passo”, recomenda. De acordo com ele, em um mercado hipercompetitivo, as ações do profissional correspondem a uma grande parcela de seu sucesso e da sua carreira. Por isso, o especialista explica que é preciso ser o responsável por você mesmo. “Não coloque no colo de ninguém as decisões referentes à sua formação profissional. Se não soubermos lidar com mudanças, estamos fadados à inanição”, diz.

Para melhor se adaptar à situação e às transformações que estão acontecendo no mercado de trabalho, o professor dá algumas dicas:

– Muito jogo de cintura, flexibilidade, para lidar com todas as situações;
– Tenha em mente que o conhecimento tradicional e a formação serão cada vez mais valorizados;
– Seja responsável pela sua carreira. Trace objetivos que não dependem da instituição onde você trabalha. O segredo é ter metas que dependam somente de você e de seu esforço.
– Seja capaz de lidar com mudanças, porque às vezes elas serão fundamentais.
– Reflita sobre a sua realidade hoje e faça as escolhas profissionais baseadas em seus valores.
– A combinação tecnologia-velocidade-flexibilidade-cooperação ditará o ritmo das transformações.

Tendências
Entre os desafios profissionais desta era estão algumas tendências de empregabilidade. Por exemplo, muitas atividades laborais passarão por um processo de profunda mudança. “Essas mudanças poderão significar o fim de 7,1 milhões de empregos perdidos no mundo inteiro até 2.020. Do total, dois terços são relacionados a funções administrativas”, analisa Joeval Martins.

Por outro lado, segundo ele, 2 milhões de novos empregos deverão surgir nas áreas de Matemática, Arquitetura, Computação e Engenharia no mesmo período. Já as áreas de manufatura e produção de demandarão imensa especialização e eficiência.

Para permanecer e avançar será também necessária estratégia. Veja as recomendações:

– Faça um levantamento de quem foi seu mentor e que associações você conhece e faz parte;
– Veja por quais empresas passou, o que realizou e quais foram os impactos positivos nos resultados;
– Contabilize as transformações que você executou na sua passagem, o legado deixado para a organização e para seus empregados;
– Confira quantas vezes você ganhou e quantas perdeu;
– Tire lições de suas falhas;
– Faça muito networking, frequentando clubes, câmaras de comércio, associações, alumni, feiras e exposições setoriais, feira de franquias, feira do empreendedor, etc.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados