Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

Como vencer a crise e se tornar um freelancer de sucesso

Como vencer a crise e se tornar um freelancer de sucesso
14:00 pm ,12 de setembro de 2016

O trabalho freelancer sempre foi conhecido por ser uma fonte de renda extra para ajudar a fechar as contas no final do mês. O modelo vem ganhando adeptos e está sendo utilizado por muitos brasileiros como emprego fixo. Com a crise batendo a porta, existem algumas regras a serem seguidas para se dar bem nesse tipo de ocupação.

Dados de uma pesquisa do site trampos.co revelaram que 57% dos brasileiros, que trabalham dessa forma, sentem falta de renda fixa e benefícios. Já para 68%, conseguir clientes é uma grande preocupação. Por outro lado, 35% afirmaram que a flexibilidade gera motivação para a rotina. Apenas 1% disse ter saudades de ter um chefe.

Para o especialista em comportamento humano e presidente da Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC), Sulivan França, o principal é que o profissional se mantenha atualizado. “Com a crise, existem muitas pessoas que estão trabalhando assim. Eles precisam se especializar e se modernizar. Não adianta a pessoa apresentar sempre o mesmo enquanto o colega ao lado está exibindo novidades e coisas bem mais interessantes”, afirma.

Segundo França, para quem já trabalhou na área, antes de virar freelancer, vai ser mais fácil se sustentar. “Se você já conhece pessoas da área, você vai ter mais facilidade para conseguir trabalhos. Conhecimento e contato são imprescindíveis para quem vai trabalhar desta forma. Mostrar que você faz um bom trabalho e que é responsável, sempre vai fazer com que as pessoas voltem a te procurar. Você precisa cuidar da sua reputação e com um tempo ficará conhecido pelo o que faz”, afirma.

Outra dica importante é o profissional se manter sempre organizado e cumprir os prazos combinados. “Você precisa mostrar que o seu trabalho é melhor e que você está levando aquilo a sério. Se você perder as informações que o cliente passou ou atrasar a entrega, ele não vai voltar a te procurar na próxima vez”, conta.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados