Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

Confira 8 causas para o mau hálito que podem ser sinal de doença!

Confira 8 causas para o mau hálito que podem ser sinal de doença!
16:00 pm ,16 de novembro de 2016

Bafo? Ele as vezes não é só sinal de falta de higiene. O mau hálito persistente não é uma doença, mas talvez seja um indicativo de que algo não vai bem no organismo. Pode indicar uma inflamação ou ser sintoma de uma doença mais grave como o câncer e a cirrose. Fique atento e confira com a gente essa lista onde o odor bucal pode indicar uma doença!

1 – Gengivite e inflamações bucais
A mais comum das doenças denunciadas pelo bafo e causada pela falta de higiene mesmo. As gengivas ficam inflamadas pela falta de escovação. O mau cheiro vem das bactérias que se alimentam de restos de comida e liberam gases.

2 – Doenças do aparelho digestivo
Gastrite e Refluxo também geram mau hálito. No caso da primeira o problema está na demora para esvaziamento do estômago que é tomado por bactérias fedorantes e na segunda o cheiro desagradável é causado pela volta dos alimentos do estômago para boca. Eles deixam resíduos no caminho.

3 – Doenças no trato respiratório superior
Mais uma vez a culpa é das bactérias. Laringite, amidalite, sinusite e renite geram mau cheiro por causa do catarro que acumulam devido a inflamação.

4 – Doenças no trato respiratório superior
A traqueia, os pulmões, brônquios, bronquíolos e alvéolos pulmonares acumulam secreções bacterianas. O exemplo mais clássico é a bronquite e o odor ruim vem dos gases criados pelas bactérias. Mas o cigarro é um agravante para isso.

5 – Diabetes
Sim, essa doença também pode ser denunciada pelo mau hálito. Pacientes sem controle do Diabetes sofrem com bactérias decorrentes das alterações no índice de glicose no sangue. No caso dos pacientes do Diabetes tipo 1 o odor pode ser causado pela falta de insulina.

6 – Doenças hepáticas

Nesse caso a Cirose é a principal causa do mau hálito. Outras doenças que afetam o fígado também podem causar halitose. O fígado faz a síntese de substâncias e quando por deficiência não as absorve acontece sua liberação pelas vias aéreas. Essas substâncias deveriam ser excretadas, por isso o odor é bastante desagradável.

7 – Doenças renais

Quando os rins estão afetados ocorre o acúmulo de ureia e o hálito do pessoa passa a exalar amônia. Nos casos mais graves o cheiro nas vias aéreas é de urina.

8 – Câncer de estômago
Essa doença gravíssima provoca a “putrefação” do tecido canceroso, é a morte para esses tecidos. O odor liberado pelo processo se denomina hálito necrótico. A intensidade depende do grau da doença.

Lembre-se: essas dicas não dispensam o aconselhamento médico.
Dra. Juliana Comunian
(35) 3221-6897
Rua Alberto Cabre, 63, Vila Pinto – Varginha/MG

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados