Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

Conhecendo a capital da Turíngia: Erfurt

Conhecendo a capital da Turíngia: Erfurt
17:00 pm ,15 de março de 2016

por Aline Viana

Antes de conhecer Erfurt, a capital da Turíngia, eu não esperava que fosse gostar tanto da cidade. Ruim eu não achava que seria, mas também não imaginava que Erfurt fosse me encantar tanto!!! A cidade é uma gracinha e super romântica!! E foi, sem dúvida, a maior surpresa que eu tive durante minha viagem para a Alemanha; superou – em muito – as minhas expectativas.

Vou falar, no post de hoje, sobre um passeio que meu noivo e eu fizemos a pé pela cidade, num dia que reservamos para que eu pudesse conhecê-la. Nesse dia, as cores do outono (era uma manhã de novembro) estavam dando um toque muito especial à paisagem. A temperatura estava colaborando demais; super agradável!!

Saímos para passear andando em direção ao centro da cidade. O caminho foi agradabilíssimo; logo nós entramos pelo parque da cidade, o Stadtpark Erfurt, e fomos caminhando por ele. O cenário estava liiindo, uma atmosfera bem outonal, com várias folhas no chão e um ventinho nada incômodo. O vento agitava as folhas nas árvores e no chão, e eu estava super empolgada com aquela caminhada, hahaha.

Erfurt é banhada por um rio, que também nos serviu de cenário fotográfico (segundo o Rafa, é um “riachinho”. Mas, para mim, é um rio mesmo! Ele é até grande, oras! Dá pra ver em uma das fotos do post). Reparei, aliás, que toda cidade bacana tem um rio no meio, que dá um charme à paisagem. Londres tem o Tâmisa; Paris tem o Sena; Berlim tem o Spree. As grandes civilizações se desenvolveram em torno deles. Acho que fazem falta no Brasil (hahaha, sério mesmo!).

No centro de Erfurt não faltam aquelas construções bem alemãs mesmo (acho lindas!). Uma atração turística que é importante conhecer em Erfurt (e que eu queria muito visitar) é sua Catedral (Domstufen, 1). Trata-se de uma catedral católica muito antiga, que tem 1200 anos, foi construída no estilo gótico e é linda por dentro e por fora. Não é necessário pagar para visitá-la.

Nossa próxima missão era rumar em direção a uma chocolateria super bem falada pelo Rafa, que, de tão especial, vai ganhar um post só para ela (na próxima semana! Aguardem!). O caminho à chocolateria – como tudo em Erfurt – foi agradabilíssimo. Passamos por construções e casas históricas muito charmosas. Bom, essa foi a visão geral que eu tive de Erfurt e que hoje compartilho com vocês!!! Sugiro demais que a cidade seja incluída em um roteiro de viagem para a Alemanha! 😉

Aline Viana é advogada e blogueira; divide seu tempo entre atividades jurídicas, viagens, artesanato, culinária… E compartilha suas experiências no seu blog pessoal (Beleza Tem a Ver) e no Instagram (@belezatemaver).

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados