Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Cuidados para evitar acidentes durante o carnaval

Cuidados para evitar acidentes durante o carnaval
15:03 pm ,25 de fevereiro de 2019

O carnaval já está batendo à porta e logo as ruas da cidade serão tomadas por milhares de foliões. A diversão é garantida, mas, para ela durar todos os seis dias de comemoração, a saúde precisa vir em primeiro lugar. O carnaval é um mar de oportunidades, e nem todas elas são boas.

Não exagerar na bebida alcoólica é o primeiro passo para cuidar do bem-estar. Mesmo que a oferta seja grande, é preciso saber dosar o álcool ao longo do dia para evitar a embriaguez. Segundo o dr. Alex Sander Ribeiro, coordenador do Complexo de Emergências do CHN (Complexo Hospitalar de Niterói), quando uma pessoa tem uma quantidade grande de álcool no sangue, ela fica com os reflexos comprometidos: “Ter dificuldades para tomar decisões rápidas compromete o instinto de sobrevivência, porque a pessoa embriagada não terá plenas condições de analisar uma situação perigosa. Isso pode colocar facilmente sua saúde em risco.”.

E é aconselhável que toda a locomoção até os locais de festa seja feita por transporte público ou táxi, para evitar problemas no trânsito.

Muitas festas de carnaval acontecem na praia ou próximo a ela, então, é muito comum que, entre um bloco e outro, o mar esteja convidativo para um mergulho. Porém, toda atenção é pouco: segundo dados da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), 17 pessoas morrem afogadas por dia no Brasil, sendo o Rio de Janeiro o detentor do maior número de resgates em todo o mundo.

“Muitos casos de afogamento acontecem porque as pessoas acreditam que conseguirão nadar sem problemas. Mesmo que se saiba nadar, o aconselhável é não entrar demais no mar para que o corpo não seja puxado pela correnteza com facilidade”, afirma o dr. Alex. Em caso de afogamento, deve-se chamar o Corpo de Bombeiros ou o salva-vidas primeiro para então tentar ajudar a vítima.

Ficar longe de objetos cortantes, como as peças de vidro e de metal, diminui as chances de ocorrer cortes ou perfurações. Hoje, o sangramento é considerado uma das causas de trauma mais frequentes, podendo levar ao óbito em poucos minutos caso a perda de sangue não seja contida. Caso a lesão aconteça, é essencial higienizar o local e estancar o sangramento usando uma gaze ou tecido limpo que esteja à disposição para pressionar a ferida até que a ajuda especializada chegue.

O carnaval é a festa do povo, mas não é nada divertido colocar a saúde em risco para viver um momento ao máximo. Preserve a vida, afinal, muitos outros carnavais ainda estão por vir.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados