Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

De estagiários a CEOs: Conheça 5 casos de sucesso

De estagiários a CEOs: Conheça 5 casos de sucesso
15:00 pm ,17 de outubro de 2016

Cheios de entusiasmo, energia e vontade de aprender, os jovens enfrentam um grande desafio: dar os primeiros passos na vida profissional. Para inspirar quem acaba de começar a carreira, o Estagiários Online (www.estagiariosonline.com.br), plataforma que firma parceria entre estudantes e empresas, selecionou exemplos de universitários que conquistaram grandes cargos em companhias renomadas. Confira:

1. Rodrigo Kede, presidente da IBM América Latina

A longa história de Kede na empresa norte-americana começou em 1993 quando ainda era estagiário. Destacou-se e, em 2012, tornou-se o mais jovem presidente da IBM Brasil, cargo que ocupou até 2014 pois, em 2015, tornou-se vice-presidente mundial de Transformação, uma das divisões internas da empresa. Naquele mesmo ano, anunciou a ida para a brasileira Totvs, onde foi presidente até o início de 2016. Atualmente, voltou para a IBM, desta vez liderando a operação latino-americana da gigante de TI.

2. Ursula Burns, presidente da Xerox
A nova-iorquina formada em engenharia mecânica ingressou na empresa em 1980, quando ocupava uma posição de estagiária. Os anos passaram e Ursula avançou cada degrau até conquistar a presidência da Xerox, a qual exerce desde 2010. Com 57 anos, ela é a primeira mulher afro-americana a ocupar o cargo de CEO de uma empresa Global Fortune 500, classificação das 500 maiores companhias mundiais.

3. Aldemir Bendine, ex-presidente do Banco do Brasil
O paulista formado em administração pela PUC-Rio iniciou sua vida profissional ainda cedo. Com apenas 15 anos, em 1978, já era estagiário no Banco do Brasil. Com o passar do tempo, foi efetivado e escalou a hierarquia da empresa até ser nomeado, em abril de 2009, presidente do BB. Deixou o cargo no início de 2015.

4. Ivan Zurita, ex-presidente da Nestlé
Economista pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, o então jovem de 17 anos começou como estagiário na marca suíça, em 1972. Percorreu as diversas áreas da empresa, no Brasil e no exterior, o que lhe permitiu ocupar, a partir de 2001, o cargo máximo da sede brasileira, função que exerceu até 2012. Após 40 anos de parceria, em seu único trabalho com carteira assinada, Zurita deixou a marca não antes de quintuplicar o faturamento, quadruplicar o tamanho da empresa e melhorar as vendas da Nestlé no país.

5. Roger Ingold, ex-presidente da Accenture Brasil e América Latina
Quando ainda era estudante de engenharia na Universidade de São Paulo, Ingold entrou, em 1982, na sede brasileira da Accenture, maior empresa de consultoria do mundo, como estagiário. Em 2004, após desempenhar diversas funções, assumiu a presidência da empresa estadunidense. Aos 57 anos, em 2016, deixou o cargo e levou consigo uma bagagem de 34 anos de experiência.

Não há formula mágica para ser promovido e conquistar grandes cargos, mas todos os exemplos citados ingressaram no mercado de trabalho muito jovens, acumularam experiência e tiveram paciência até chegarem em lugares de destaque. “Ter sucesso dentro de uma empresa não é questão de sorte, e sim, de esforço, dedicação, aprendizado e, por que não, paciência. Queremos ajudar os jovens sonhadores de hoje a se prepararem para serem ótimos líderes no futuro”, comenta Kleber Costa, CEO do Estagiários Online.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados