Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Demanda das empresas por crédito recua em fevereiro

Demanda das empresas por crédito recua em fevereiro
14:19 pm ,21 de março de 2017

Conforme apurou o Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito, houve queda de 6,4% na demanda empresarial por crédito em fevereiro/17, comparativamente a janeiro/17. Em relação a fevereiro/16, o recuo foi de 5,0%. Apesar da queda de fevereiro, o primeiro bimestre deste ano registra crescimento de 0,5% na demanda das empresas por crédito em relação ao acumulado dos primeiros dois meses de 2016.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a queda de fevereiro/17 já era esperado, dado o feriado do Carnaval. O recuo em relação a fevereiro/16 também reflete o efeito-calendário, uma vez que, no ano passado, por ter sido bissexto, houve um dia útil a mais em fevereiro. De qualquer modo, a alta da demanda empresarial por crédito no acumulado do primeiro bimestre ocorre apenas nas micro e pequenas empresas, logo, ainda não é possível afirmar que uma reversão mais consistente da tendência de queda na procura das empresas por crédito, característica de todo o ano de 2016, já esteja acontecendo.

Análise por porte

Nas micro e pequenas empresas, a queda da demanda por crédito foi de 6,7% em fevereiro/17. Nas médias empresas houve queda de 0,8% em fevereiro/17 e, nas grandes empresas o recuo foi de 0,7%, sempre na comparação com janeiro/17.

No acumulado do ano até fevereiro/17, a demanda por crédito das médias empresas caiu 8,6% e das grandes empresas 8,7%. Somente nas micro e pequenas empresas a procura por crédito subiu no primeiro bimestre: 1,0% contra o mesmo período de 2016.

unnamed

Análise por setor
Todos os setores econômicos pesquisados apresentaram quedas na demanda empresarial por crédito em fevereiro de 2017. Na indústria, o recuo foi de 4,7% contra janeiro/17; nas empresas comerciais a queda foi de 4,1% e, no setor de serviços, a procura por crédito caiu 9,0% em fevereiro/17 na comparação com mesmo anterior.

No acumulado até fevereiro/17, a demanda das empresas por crédito caiu 2,4% na indústria e 2,2% no comércio. Já no setor de serviços foi o contrário: a busca empresarial por crédito subiu 4,0% em relação ao primeiro bimestre do ano passado.

unnamed (1)

Análise por região
Três regiões estão com queda na demanda das empresas por crédito neste primeiro bimestre de 2017: Centro-Oeste (-1,6%); Norte (-3,6%) e Nordeste (-2,7%). Na direção contrária temos a Região Sul com alta de 0,1% e o Sudeste com crescimento de 3,0% na demanda das suas empresas por crédito nestes primeiros dois meses do ano.

unnamed (2)

A série histórica deste indicador está disponível em:
http://www.serasaexperian.com.br/release/indicadores/demanda_pj_credito.htm

Metodologia do indicador

O Indicador Serasa Experian da Demanda das Empresas por Crédito é construído a partir de uma amostra significativa de cerca de 1,2 milhão de CNPJ consultados mensalmente na base de dados da Serasa Experian. A quantidade de CNPJ consultados, especificamente nas transações que configuram alguma relação creditícia entre as empresas e as instituições do sistema financeiro ou empresas não financeiras, é transformada em número índice (média de 2008 = 100). O indicador é segmentado por região geográfica, setor e porte.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados