Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

Dicas para alimentação correta pré e pós-treino

Dicas para alimentação correta pré e pós-treino
15:00 pm ,29 de março de 2016

Treinos intensos e exercícios programados. A rotina das pessoas que frequentam academias ou praticam esportes envolve atividades pensadas especialmente para garantir o máximo de eficiência e os melhores resultados. No entanto, os objetivos podem não ser alcançados quando a alimentação é negligenciada ou feita de maneira inadequada.

Basicamente, a nutrição correta para os praticantes de exercícios deve conter uma boa quantidade de carboidratos e proteínas, já que eles são fundamentais para manter a energia corporal e fortalecer os músculos.

No entanto, entender quando cada um desses grupos deve ser consumido e a quantidade ideal de cada um é fundamental para ter os resultados esperados.

Pré-treino
Para realizar uma atividade física intensa, o corpo precisa de energia. Para isso, é necessário ingerir alimentos com uma boa dose de carboidratos. Contudo, é importante ter o cuidado de não comer aqueles que possuem cadeias simples – farinhas refinadas, pães, bolachas recheadas e açúcares, por exemplo -, pois eles são digeridos rapidamente e causam um pico de energia, seguido de fadiga e cansaço.

Por isso, o mais indicado é consumir carboidratos de cadeias complexas, como alimentos feitos a partir de grãos integrais ou frutas com alta concentração de carboidratos. Pães integrais, arroz integral, açaí e saladas de frutas (que podem ser acompanhadas de grãos como linhaça e granola) são as melhores opções.

Pós-treino
Já percebeu que depois de um treino duro, o estômago parece se manifestar antes da hora? Pois bem, após os exercícios é comum bater aquela fome. Isso acontece porque o organismo fica carente de nutrientes, vitaminas e minerais.

Após os exercícios, o organismo age como uma esponja. Tudo que é ingerido é absorvido rapidamente, pois o corpo está necessitando de alimentos para repor o que foi perdido.

Por isso, cuidado: se depois de um dia na academia ocorrer a ingestão de alimentos pesados e gordurosos, o corpo absorve tudo o que perdeu no dia de malhação. Para recuperação dos músculos, aposte nos alimentos que contenham proteína, como frango orgânico, peixe, muçarela de búfala, blanquet de peru, iogurte e quinoa real.

A alimentação pré e pós-treino deve priorizar o consumo de carboidratos e proteínas, que ajudam a desempenhar o aumento de massa muscular. Os carboidratos são necessários para evitar que o corpo utilize a proteína presente no músculo como fonte de energia, assim preservando a estrutura do músculo.

Em Varginha,  o Espaço Petiti será uma clínica de medicina personalizada que contará com equipe técnica composta por preparador físico, nutricionista, esteticista e massoterapeutas. Além de oferecer tratamentos estéticos, o Espaço também tem como finalidade orientar atletas quanto a importância da nutrição e da medicina esportiva.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados