Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

Dicas para compras online em sites do exterior

Dicas para compras online em sites do exterior
16:18 pm ,18 de maio de 2016

Comprar produtos pela internet está se tornando um hábito cada vez mais comum entre os brasileiros. A facilidade e rapidez em poder comprar algo desejado é um dos atrativos que a cada dia ganha mais adeptos. Mas, além das compras nos tradicionais e-commerce nacionais, os brasileiros estão “navegando em mares internacionais”.

Segundo a 33º edição do relatório da WebShoppers, no ano passado o volume de compradores em sites estrangeiros chegou a 54%, com 14,9 milhões de consumidores únicos de sites importados. Muito desse aumento se dá aos preços elevados dos produtos no mercado nacional e alta taxa de tributos.

Os produtos mais em conta e a possibilidade de frete grátis (em alguns sites) costumam ser os atrativos para os brasileiros que compram online em sites no exterior. Categorias como roupas, perfumes, maquiagens, eletrônicos e games são as queridinhas dos consumidores.

Mas comprar em sites estrangeiros requer muito cuidado. Pensando nisso separei algumas dicas para quem deseja embarcar nessa:

Sites: O primeiro e mais importante passo é conhecer a reputação do site. Verificar os comentários de outros clientes e pesquisar o serviço prestado é fundamental para quem deseja uma compra tranquila. Além disso, fóruns e redes sociais são grandes ferramentas de consultas. Os sites mais populares para compras online são: Deal Extreme, DH Gate, eBay, Mini in the Box, Aliexpress e Amazon.

Segurança: Verifique sempre se o site no qual você está comprando atende as normas de segurança recomendadas. Sites que tenham https e cadeado ativado (símbolos utilizados como segurança) validam que a página é segura para realização de compra, uso de dados pessoais e dados do cartão.

Preços: O preço dos produtos no exterior é, às vezes, mais em conta do que em sites nacionais. Mas atente-se aos preços abaixo do mercado! Valores muito abaixo dos pesquisados são sempre suspeitos e alguns produtos muito baratos podem ser falsos. Pesquisar e comparar antes é fundamental para não cair em uma cilada e ser enganado, pois alguns produtos falsos podem ser considerados como crime pela Receita Federal.

Pagamento: As lojas virtuais no exterior geralmente aceitam diversas formas de pagamento, como o Paypal. Mas é obrigatório ter um cartão de crédito internacional para as compras online no exterior.

Entrega: O prazo de entrega varia muito e vai depender principalmente da origem do país que você comprou, mas isso não é uma regra e varia de site para site. Produtos com fretes grátis leva um tempo maior de entrega, já um envio mais rápido pode significar um frete mais caro também. Além disso, algumas encomendas podem ficar para verificação na alfândega, isso acaba aumentando o prazo de entrega do seu produto. Fique atento!

Impostos: Os impostos existem e em tese todos os envios de compras que chegam ao país têm uma taxa de 60% no valor final da nota fiscal que deve ser paga. Mas o sistema de fiscalização da Receita Federal no Brasil é pouco eficiente, pois a cobrança do imposto é feita por amostragem. A única exceção para o pagamento do imposto é para a compra de livros e jornais e o recebimento de presentes em até 50 dólares.

Problemas: Os problemas com os produtos deverão sempre ser tratados diretamente com o site no qual você comprou. No Brasil não existe um órgão que ajude na hora das compras no exterior. Se houver algum problema, chegar com algum defeito ou não tiver assistência técnica, você terá que mandar arrumar no exterior. Isso pode sair mais caro do que o próprio produto.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados