Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

Dicas para garantir o bem estar dos pets durante as altas temperaturas

Dicas para garantir o bem estar dos pets durante as altas temperaturas
11:00 am ,8 de novembro de 2016

Muitas pessoas não sabem, mas os cães não possuem glândulas de suor e com isso a sensação térmica deles é muito maior. A troca de calor deles é feita pela boca, deixando o ar fresco entrar e com isso a temperatura do corpo baixar.

Para facilitar o dia a dia dos tutores e garantir o bem estar animal, a psicóloga canina, especializada em comportamento animal da BitCão, Cláudia Pizzolatto, dá algumas dicas para que os pets possam aproveitar as altas temperaturas sem riscos para a saúde.

“É importante ter em mente, que o cão sente muito mais calor que os humanos. Se muitas vezes para nós chega a ser incontrolável, para eles isso chega a ser 2 vezes mais. Principalmente os cães branquicefálicos, que possuem o focinho achatado como os buldogues, pugs, boxer,entre outros”, afirma a especialista, Cláudia Pizzolatto.

Algumas dicas favorecem o convívio dos animais de estimação com o calor:

Água
– Vasilha cheia de água fresca, sempre. Nesta época do ano é importante ter certeza de que seu cachorro tem bastante água e renovar é importante para mantê-la fresca. Se você vai passar o dia todo fora coloque mais de uma vasilha com água espalhada pela casa. Se o seu cachorro fica do lado de fora da casa, certifique-se de que o prato de água está sempre na sombra. Lembre-se: no verão o sol percorre uma trajetória diferente da do inverno, verifique bem onde baterá o sol.

Comida
– Cuidado extra com a ração, pois com a temperatura ambiente muito alta elas se estragam mais rapidamente. Para cachorros que fazem alimentação natural ou de lata, é preciso que a comida esteja bem refrigerada enquanto não for servida. Se o seu cachorro só come ração seca mantenha ela guardada em local fresco, seco e ventilado.

Crie o hábito de servir a alimentação do pet, ao invés de deixá-la o dia todo no comedouro. Trinta minutos é tempo mais do que suficiente para que seu cachorro possa comer com calma. Depois deste período de tempo, retire a comida que sobrou. Se for comida de panela ou de lata, não misture com o resto que estava na geladeira. Se for ração seca, cheque primeiro para ver se a ração restante não está úmida ou com babas. Caso esteja, a recomendação é descartar, pois ração molhada pode fermentar e deixar o seu cachorro doente.

Penteado em dia
– Cães com uma pelagem longa e densa sofrem bastante no verão. Manter esse pelo bem escovado, remover os velhos e o excesso de subpelo ajuda a refrescar quando bate uma brisa. Tenha cuidado com o hábito de raspar o pelo do seu cão muito próximo da pele, uma vez que o pelo é um importante protetor solar.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados