Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Expectativas para o mercado automotivo em 2018

Expectativas para o mercado automotivo em 2018
15:00 pm ,26 de janeiro de 2018

No primeiro semestre de 2017, o setor presenciou um crescimento de 3,7%, um número ainda pequeno em comparação com os anos anteriores. Apesar dos primeiros sinais de estabilização, o número de veículos vendidos no país é ainda o mais baixo em 11 anos. Por outro lado, somente no mês de setembro o setor obteve um avanço de 24,5% sob o mesmo período de 2017. Dados divulgados pela Fenabrave mostram que foram emplacados 199.227 veículos contra 159.953 em setembro de 2016. No total, foram comercializados 1,62 milhão de veículos, resultando em uma alta de 7,36%.

Apesar da breve recuperação nas vendas de 0km, o setor de seminovos segue em alta, obtendo um avanço de 8% de janeiro a setembro se comparado com o mesmo período do ano passado. Foram negociados 7,9 milhões de automóveis e comerciais leves usados, um número que vem crescendo a cada dia. Entre os 501.647 seminovos negociados no mês de setembro, sendo 17% a mais do que há exatamente um ano atrás, os veículos mais procurados foram o Fiat Pálio, Fiat Uno e o Volkswagen Gol, liderando o ranking com 81.276 vendas realizadas.

Um novo mercado em expansão foi o que a crise deixou, e com o avanço da tecnologia, surgiram inúmeros canais de repasse de veículos. Segundo Ricardo Lima, sócio-proprietário da ferramenta de repasse Passe Carros, o mercado se manterá firme, por isso, para não ficarem de fora concessionarias do mundo inteiro já adotaram o sistema de repasse, visando à procura pelo negócio ideal:

“O seminovo vem se tornando o foco de brasileiros de todas as classes. Menor depreciação, parcelas baixas e um financiamento facilitado são apenas alguns dos motivos mais avaliados na hora de comprar um automóvel.”

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados