Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Franquia: Mitos e Verdades

Franquia: Mitos e Verdades
17:00 pm ,11 de outubro de 2017

por Jorge Ishida

Sou empreendedor e gostaria de obter informações sobre como criar uma empresa com o intuito de franquear. Estou no final da montagem da minha lanchonete, e quero ser um franqueador.

Por onde começo?
Comece pelo final da montagem de sua lanchonete e não pare! Isto mesmo abra sua lanchonete, contrate o pessoal e trabalhe muito. Erre bastante e aprenda com seus erros aplicando correções que possibilitem colocar o negócio no rumo certo.

Aprenda muito sobre o seu próprio negócio, como atender, suprir, elaborar, pagar, receber, entregar, gerenciar e transforme sua aprendizagem num formato operacional.

Passe pelo menos por um ano, completando o ciclo completo do negócio e, entenda aquelas datas que influenciam o seu negócio, como por exemplo, o final de cada mês. Em especial aquela hora de pagar impostos, fornecedores, aluguel, folha de pessoal, encargos e, entenda o que é “faltar mês” ou sobrar dinheiro.

Conheça com profundidade a complexidade de seu cardápio e seu preparo marque tempos e procedimentos e avalie seu atendimento.

Sistemas operacionais acima de pessoas!
Não pare ou mesmo interrompa este processo, especialmente enquanto as pessoas estiverem acima de seu sistema operacional.

E somente quando perceber que seus sistemas operacionais estão acima das pessoais, de tal forma que ninguém pode dar “um jeitinho” e que realmente seu negócio tem um formato operacional, desenvolva manuais que servirão como apostilas para treinar qualquer um na operação.

E agora, estou pronto para ser um franqueador?
Sinto muito, ainda não! Vou lhe pedir para utilizar tudo o que aprendeu na montagem e operação de pelo menos um ciclo de vida da sua primeira lanchonete e monte outra, igualzinha.

E se der, monte mais uma, a terceira para aprender sobre localização e velocidade de obra e instalações.

Muito importante: toda e qualquer mudança feita na segunda deve ser aplicada imediatamente na primeira lanchonete. O mesmo vale para a terceira: mudou? Aplique na hora a mudança na primeira e na segunda de tal forma que as três funcionem iguais.

Cansou? Quando der uma folga, vá ao cinema!
Recomendo que assista ao filme Fome de Poder (The Founder) e entenda o que é formatar um negócio para então expandir com franquias. Em especial fique atento para a cena em que os irmãos ‎Dick e Maurice McDonald estão numa quadra de tênis com a loja desenhada em giz, anotando tempos e procedimentos simulados de atendimento de sua lanchonete McDonald’s. Nos bons tempos eles e Ray Kroc buscavam obsessivamente atender qualquer pedido em um minuto. E conseguiram reproduzir este posicionamento (rapidez) em milhares de lugares ao redor do mundo.

Dick, Maurice e Ray devem estar muito brabos com suas quase 40.000 lanchonetes de hoje, com duas filas e longos minutos de espera.

E agora o negócio está formatado!
Agora sim, seu negócio está formatado e os sistemas operacionais estão acima de pessoas. Fuja do “jeitinho brasileiro” que nada mais é fazer a mesma coisa várias vezes e muito mal feito.

Vou lhe dar um exemplo de “jeitinho brasileiro” aplicado as franquias: : “nossos modelos” loja, quiosque, carrinho, truck, bike! Modelo é um só, não invente que é para atender outros mercados, atenda apenas o seu mercado e seja o melhor em tudo, não dê um jeitinho para atender “outros mercados”.

Não amplie seu cardápio, mas melhore o que você já tem! Melhorar é apenas servir melhor surpreendendo o cliente. Não me fale que você tem o melhor hambúrguer do mundo se o seu serviço é ruim.

Enfim, agora você estará pronto para vender experiência e conhecimento (know how), permitindo que o sucesso da sua lanchonete possa ser reproduzida por uma expansão sólida com franquias.

Sei que você nunca repetirá a besteira que escuto com regularidade: “formatei a franquia”… Nada disso, formatei o meu negócio.

Sobre Jorge Ishida
Empresário, Administrador de Empresas, extensão pela FDC (Fundação Dom Cabral) participante do PAEX e PDD / PDDA, e Consultor Especializado em Franchising (Franchise College). A contribuição é para esclarecer sobre Franqueador e Franqueado no mundo de Franchising, e diminuir o índice de mortalidade das pequenas e médias empresas.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados