Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

MG tem 2º maior número de pequenos negócios que aderiram ao PERT

MG tem 2º maior número de pequenos negócios que aderiram ao PERT
11:00 am ,13 de agosto de 2018

Mais de 42 mil Micro e Pequenas Empresas (MPE) e Microempreendedores Individuais (MEI) mineiras aderiram ao Programa Especial de Regularização Tributária com débitos no Simples Nacional (PERT). Ao todo, foram renegociados no estado mais de R$ 2,6 bilhões em débitos tributários. De acordo com a Receita Federal, Minas Gerais teve o segundo maior número de adesões atrás apenas de São Paulo com mais de 101 mil beneficiados.

Os dados mostram que, 78% dos 53,5 mil pequenos negócios mineiros com débitos tributários no Simples Nacional aderiram até o dia 9 de julho deste ano, ao PERT. Foram 6.029 MEI, que refinanciaram cerca de R$ 11,3 milhões e 36.172 MPE que somavam juntas R$ 2,6 bilhões em tributos atrasados.

Segundo um levantamento do Sebrae Minas, a principal dúvida dos empresários é sobre a antecipação dos pagamentos. De acordo com as regras do PERT, as empresas que optaram pelas modalidades do parcelamento em 145 vezes ou em 175 vezes, deverão pagar, necessariamente, os 5% do total dos débitos nos cinco primeiros meses, sendo possível fazer a antecipação das parcelas referentes aos 95% restante da dívida a partir do sexto mês do início do parcelamento.

“Se uma empresa com uma dívida tributária de R$ 100 mil aderiu ao PERT em junho ela terá que pagar R$ 5 mil até novembro deste ano. A partir de dezembro ela poderá antecipar as demais parcelas, de acordo com a modalidade, e com valores de no mínimo R$ 50 para MEI e R$ 300 para MPE”, explica a analista do Sebrae Minas Laurana Viana.

Para quem já conseguiu quitar os 5% da dívida logo no primeiro mês do parcelamento, a dica é guardar o dinheiro para as próximas prestações. “O ideal é aproveitar os cinco primeiros meses para juntar dinheiro, pois quanto antes a dívida for paga, menores serão os juros e as multas de mora”, justifica Laurana.

O PERT foi criado para facilitar o parcelamento de débitos dos pequenos negócios referentes aos tributos do Simples Nacional, como: CSLL, COFINS, PIS/Pasep, IRPJ, CPP, IPI, ICMS e ISS, além de contribuição previdenciária (INSS). O prazo para aderir ao programa terminou no dia 9 de julho.

Os empreendedores que tiverem dúvidas sobre as regras do parcelamento poderão entrar em contato com a Central de Atendimento do Sebrae Minas no 0800 570 0800 ou ir até um dos pontos de atendimento da instituição espalhados em todo o estado.

Woman working in hairdressing salon

Woman working in hairdressing salon

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados