Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

‘Minas ao Luar’ leva atrações ao ‘4º São Lourenço Jazz e Blues’

‘Minas ao Luar’ leva atrações ao ‘4º São Lourenço Jazz e Blues’
14:00 pm ,13 de julho de 2017

O Sesc, integrado ao Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac, acaba de anunciar mais uma parceria cultural com o objetivo de fomentar a cena artística mineira. Desta vez, a instituição vai levar uma edição especial do tradicional Minas ao Luar para o 4º São Lourenço Jazz & Blues. Serão três noites de apresentações artísticas em um dos maiores festivais do gênero no estado, atualmente. Os shows serão realizados de 13 a 15 de julho, no estacionamento do parque (Praça João Lage, S/N). A iniciativa tem apoio do Sindicomércio São Lourenço, da prefeitura local e do Convention Visitors Bureau.

O São Lourenço Jazz & Blues leva ao público artistas de expressão nacional e internacional. Surgiu do desejo de propagar e incentivar esses gêneros musicais para o público do Sul de Minas, bem como para os turistas frequentes no município, localizado no circuito das águas mineiro.

A programação, totalmente gratuita, reserva atrações que são destaque no cenário artístico e apresentam um amplo panorama da produção musical. A abertura, na sexta-feira (13/7), terá shows do Savoy Jazz Trio, às 20h, e do músico Diego Figueiredo, às 22h.

No dia seguinte, sábado (14/7), o Minas ao Luar apresenta outras três atrações. A partir das 19h sobre ao palco o grupo Russo Jazz Band. A partir das 21h é a vez de Arthur Maia e Banda. O encerramento da noite, a partir das 22h30, será com Alexandre da Mata e Black Dogs.

No domingo (15/7), mais três atrações. A partir das 19h haverá apresentação do Caffeine Trio. Às 21h é a vez da atração internacional, o renomado músico J.J. Jackson. Às 22h30 as últimas atrações desta edição especial do Minas ao Luar, Júlio Bittencourt Trio e Leo Gandelman.

SAIBA MAIS SOBRE ALGUNS DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

SAVOY JAZZ E TRIO: Criado em 2007 por três músicos de São Lourenço, o Savoy Jazz e Trio vem se destacando no Sul de Minas em apresentações com uma formação clássica do jazz e blues. Essa formação tem como personagens principais o contrabaixo acústico, a guitarra e a bateria. O trio conta também com um quarto elemento: um vocalista, que compõe a formação como um convidado especial a fim de diversificar ainda mais o repertório que vai de standards de jazz a arranjos próprios de músicas mineiras.

DIEGO FIGUEIREDO: Com apenas 33 anos, Diego Figueiredo já lançou 23 CDs, 3 DVDs e já se apresentou em mais de 50 países com seu espetáculo que tem arrancado críticas nos mais importantes jornais do mundo e que tem impressionado as mais distintas plateias. Diego tem realizado diversas turnês pela Europa e Estados Unidos apresentado-se nos maiores festivais de jazz do mundo.

MAIA: O músico iniciou a carreira muito jovem, tocando bateria, até ganhar um baixo elétrico, aos 17 anos. É sobrinho do baixista Luizão Maia, com quem aprendeu as primeiras técnicas no baixo, e de quem herdou a peculiar sensibilidade que desenvolveu nesse instrumento, antes conhecido por sua limitação, mas que teve a partir de Arthur uma nova releitura, passando a ser usado por ele como instrumento não apenas de acompanhamento, mas também de belíssimos solos.

CAFFEINE TRIO: É um trio que traz para a música popular o tom da larga trajetória que as cantoras Sylvia Klein, Renata Vanucci e Carolina Rennó têm na música erudita. Por onde passam, elas comovem o público, refrescando a memória afetiva musical das pessoas, além de possibilitar, com ludicidade, a possibilidade de conhecimento de novos sons.

J.J. JACKSON: Com mais de 30 anos de carreira, J.J. Jackson é considerado por especialistas do gênero um dos maiores intérpretes da música americana, com características performáticas como cantar sempre sorrindo, despojado, além da técnica musical apurada para o gênero. O americano já dividiu o palco com grandes e renomados artistas como BB King e Lightinin Hopkin. Jimi Hendrix, um dos ícones da guitarra, fez parte de seu primeiro grupo, que se chamava Rocking Teens.

Para mais informações sobre o 4º São Lourenço Jazz e Blues, clique aqui.

SOBRE O ‘MINAS AO LUAR’
O Minas ao Luar é um projeto de valorização da música brasileira e das culturas populares tradicionais, por meio de apresentações artísticas gratuitas e de qualidade, para toda a família. Promove o diálogo e intercâmbio com as manifestações culturais tradicionais locais e leituras contemporâneas.

Desde a primeira edição, foram mais de 600 apresentações em mais de 200 municípios, dentro e fora de Minas Gerais, contabilizando um público superior a dois milhões de espectadores. Todo esse sucesso já rendeu a produção de três discos – Minas ao Luar: Canções 1; Minas ao Luar: Canções 2 e Minas ao Luar: Canções 3 – e um livro, com letras e cifras para acompanhamento em violão, o Minas ao Luar: Canções. Além disso, o Sesc lançou, em dezembro de 2014, o primeiro DVD do projeto: Minas ao Luar: ao vivo no Sesc Palladium, que é distribuído, gratuitamente, nas apresentações, como acontece com os três discos e o livro produzidos anteriormente.

SERVIÇOS
Minas ao Luar, no 4º São Lourenço Jazz & Blues
Data: 13/7, quinta-feira
Atrações: Savoy Jazz Trio; Diego Figueiredo
Hora: a partir das 20h
Local: estacionamento do parque (Praça João Lage, S/N)
Entrada gratuita

Data: 14/7, sexta-feira
Atrações: Russo Jazz Band; Arthur Maia e Banda; Alexandre da Mata e Black Dogs
Hora: a partir das 19h
Local: estacionamento do parque (Praça João Lage, S/N)
Entrada gratuita

Data: 15/7, sábado
Atrações: Caffeine Trio; J.J. Jackson; Júlio Bittencourt Trio e Leo Gandelman
Hora: a partir das 19h
Local: estacionamento do parque (Praça João Lage, S/N)
Entrada gratuita

Informações para o público:
(31) 3270-8100

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados