Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Minha Viagem de Motorhome III

Minha Viagem de Motorhome III
16:00 pm ,1 de novembro de 2018

por Cinthia Felizali

Dando continuidade à viagem de Motorhome pelos lagos do norte da Itália…

A primeira noite da viagem paramos na cidade de Como, uma cidade muito famosa e bem frequentada que fica à beira de um lago lindo, que tem como plano de fundo lindas montanhas. O camping no qual dormimos era relativamente perto da beira do lago e como era difícil estacionar o Motorhome optamos por ir andando, e conhecendo a cidade. O dia estava ensolarado, era final de maio e já fazia muito calor (nível quase que insuportável ao meu ponto de vista), o que deixou a caminhada um pouco difícil, mas as paisagens fizeram valer a pena. Fazer esse estilo de viagem nessa época do ano foi uma boa escolha, pois ainda não era alta temporada e os custos com aluguel do veículo eram consideravelmente menores, independente da locadora, pois todas que olhamos quase dobravam os valores em altas temporadas (junho, julho e agosto), sem contar a temperatura que aumenta ainda mais na alta temporada.

Desse modo, penso que fazer essa mesma viagem no inverno também pode ser interessante para quem adora frio, e lindas paisagens, como essa rota passa por montanhas e montes, existem estações de ski que são perfeitas para uma boa aventura congelante. O veículo vai precisar de um bom sistema de aquecimento e pneus de neve ou correntes de neve que geralmente é fornecida na própria locadora.

p1 (1)
p1 (2)
p1 (3)
p1 (4)

O passeio pelo lago de Como acabou demorando um pouco mais que o previsto, e acabamos saindo mais tarde que planejamos. Essa parte da viagem que vai do lago de Como até o lago de Garda é o trajeto mais bonito e perigoso de todos, pois a estrada tem uma vista privilegiada do lago e das montanhas, também é cheia de penhascos, barrancos e curvas perigosas que ficam ainda mais arriscadas devido às estradas estreitas, que deveriam ser pista única e não mão dupla.

O que ainda agravou o perigo foi o próprio Motorhome que era grande (alto e largo), quase um caminhão. Meu Deus, foi um sufoco, e não tínhamos o que fazer, porque não tinha nenhum acostamento ou saída estratégica. As opções eram, ou vai ou vai… a impressão que dava era que não íamos passar porque ao lado esquerdo estava a pista cheia de carros passando bem perto do penhasco, e ao lado direito tinha um barranco de pedra altíssimo. Se não fosse o Tobias que dirigiu muito bem e manteve a calma eu tinha parado ali mesmo no meio da pista, sentado e chorado. A outra opção era me trancar no banheiro e só sair quando o resgate chegasse. Não tenho muitas fotos ou vídeos porque foi tão tenso que eu não lembrei de câmera ou de celular, era um susto atrás do outro, seguido de muita reza e pedidos para todos os santos.

No final tudo acabou bem, e pudemos curtir mais a viagem, a estrada continuava estreita, porém havia acostamento e o barranco de pedra já tinha ficado para traz. Um lugar lindo que fizemos questão de parar para tirar fotos e observar melhor foi Bellagio, que inclusive gostaria de voltar com mais calma em uma outra oportunidade.

p2 (5)
p2 (4)
p2 (3)
p2 (2)
p2 (1)

Como a viagem não rendeu conforme o esperado, decidimos dormir em Bersaglio Costa Volpino, que fica no caminho para Peschieira Del Garda, em um camping com o nome de Sosta Camper que era ainda mais interessante que o anterior, mais cheio e animado, no qual o Dono tinha um ótimo humor e nos deixou muito à vontade. Passamos a noite ali e seguimos viagem na manhã seguinte, depois de uma boa xicara de café é claro.

p3 (1)
p3 (2)

Com sequência na próxima matéria…

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados