Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Mojito – Um clássico cubano que conquistou a todos

Mojito – Um clássico cubano que conquistou a todos
16:00 pm ,27 de julho de 2018

Hoje é sexta e estou muito empolgado para compartilhar a primeira receita com vocês. Agora que já conhecem um pouco sobre as ferramentas de um bartender, tenho certeza que será fácil me acompanhar pelo mundo da coquetelaria.

Eu, particularmente, adoro bebidas cítricas e refrescantes, aquelas que você pode passar a noite toda disfrutando sem se enjoar (como moderação, lógico. rsrs), um dos meus clássicos favoritos é o Mojito. Esse coquetel é tão famoso e tradicional em cuba como a caipirinha é para nós brasileiros. Então vamos nos aventurar nessa receita?

Apesar de muitas versões sobre a origem exata do Mojito, o que é indiscutível é que Cuba é o berço deste coquetel. Essa delícia refrescante tem como base de rum branco originário de Cuba. Ele floresceu na noite de Havana usando ingredientes nativos do Caribe. Esses ingredientes são: Rum (branco ou Cristal), açúcar, hortelã, limão e água gaseificada.

Com certeza você já experimentou um, ou pelo menos já ouviu falar, mas vamos um pouco além para conhecer mais sobre as principais historias dessa bebida. Alguns historiadores asseguram que escravos africanos, que trabalhavam em canaviais de Cuba durante o século 19 foram determinantes para criação deste coquetel. Era utilizado frequentemente o caldo de cana, em Mojitos. Esta bebida era a mais popular entre os escravos, o que ajudou a criar o nome do doce néctar.

Outra vertente aponta que essa bebida vem do século 16, porém com o nome de “El Drake”, em homenagem a Sir Francis Drake. Naquela época elaborado com tafiá / aguardente, um precursor primitivo do rum, logo que descoberto ele se tornou amplamente disponível para os britânicos nos meados 1650.
Esse frescor do hortelã e o cítrico do limão foram utilizados para camuflar o gosto áspero da bebida. Embora esta bebida não fosse chamada de Mojito neste momento, ainda era a original combinação desses ingredientes.

Entre as várias teorias por trás da origem do nome Mojito, existe uma teoria que sustenta que o nome refere-se a “Mojo”, uma especiaria cubana feita com cal e utilizada para aromatizar alimentos. Outra teoria é que o nome é simplesmente um Mojito derivado de “mojadito”, que do espanhol significa “um pouco molhado”, ou simplesmente o diminutivo de “Mojado”.

Particularmente entendo que o princípio do Mojito teve sua origem como “El Drake” e posteriormente veio aperfeiçoando ate se tornar o nosso tão querido Mojito. Bom, chega de história e vamos para a parte divertida, vamos preparar o seu coquetel do final de semana.

Ingredientes:
• 1 dose de rum branco (50 ml)

• 10 folhas de hortelã
• 2 colheres de sopa de açúcar mascavo
• 1 limão inteiro
• Cubos de gelo
• Água com gás

Modo de Preparo:
Pique o limão em quatro partes e coloque na coqueteleira, adicione as folhas de hortelã e o açúcar. Macere com o macerador e adicione o gelo, depois adicione o rum. O importante em colocar o gelo antes é que ao adicionar o rum ele já vai derretendo o gelo e deixando a bebida mais leve. FechE a coqueteleira e agite por 30 segundos para dissolver e misturar bem. Coloque a mistura em um copo longo e finalize com água com gás até encher o copo.

Espero que tenham gostado. Postem suas fotos nas redes sociais e nos marquem. Espero vocês até semana que vem.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados