Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

O primeiro passo da sua carreira: onde adquirir experiência

O primeiro passo da sua carreira: onde adquirir experiência
11:00 am ,22 de agosto de 2018

Visto de longe, o mercado de trabalho é um monstro prestes a devorar o trabalhador e torná-lo um instrumento para gerar lucro. Porém, o cotidiano de uma empresa é muito mais simplista e espontâneo do que se imagina. Para que os jovens profissionais tenham essa visão, existe uma porta de entrada muito eficaz: o estágio.

Como diz o art. 1º da lei nº 11.788, de 2008, o estágio é um “ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de educandos que estejam frequentando o ensino regular em instituições de educação superior”. Baseado nesse artigo, fica clara a importância desse período de experiência para os futuros trabalhadores testarem a área de interesse e defina o seu futuro.

É no estágio que o processo de criação dos grandes experts começa. A oportunidade é perfeita para conhecer o mecanismo interno das corporações e para que esses novatos tomem suas decisões sobre qual carreira seguir. “É fundamental participar de pelo menos um programa de estágio para que o aluno amadureça a ideia de trabalhar e compreenda técnicas, hierarquias e o valor da profissão”, comenta Astrid Vieira, consultora de carreira e diretora da Leaders HR Consultants.

Astrid ainda alerta sobre a competitividade do mercado atual e aconselha aos futuros trabalhadores sobre o quanto é importante criar um bom relacionamento desde cedo. “O número de faculdades e de universitários no Brasil cresceu muito nos últimos dez anos. Como consequência, as boas vagas ficaram muito concorridas”, explica. Prova disso são os números do último Censo de Educação Superior, divulgado pelo MEC em outubro do ano passado. De acordo com o documento foram 8.408.701 alunos matriculados nos 34.366 cursos das 2.407 faculdades privadas e públicas em 2016.

Diante desse contexto, a dica dos especialistas é tornar-se competitivo e ser notado pelos chefes. Tratar o estágio como um emprego real é uma ótima dica. “Portanto, funções como boa administração do tempo, flexibilidade com as demandas, socialização, foco no resultado apresentado, iniciativa e proatividade, respeito com os companheiros e interesse pelo desenvolvimento do produto são indispensáveis. Além disso, se espelhar em grandes nomes da área, pedir feedback e se preparar para situações inusitadas geram bons profissionais”, aconselha Astrid Vieira.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados