Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Preços no e-commerce nacional voltam a cair após 21 meses

Preços no e-commerce nacional voltam a cair após 21 meses
15:22 pm ,24 de janeiro de 2017

Quebrando uma escrita de 21 meses, o e-commerce nacional voltou a registrar deflação após um longo período de inflação. É o que aponta o Índice FIPE Buscapé, que monitora os preços oferecidos no comércio eletrônico no Brasil, analisando os preços de mais de 40 mil produtos únicos. Segundo o relatório, houve retração de -2,01% no último mês de 2016 comparado ao mesmo período de 2015. Comparativamente a novembro de 2016, a redução foi ligeiramente menor, -1,76%.

Sandoval Martins, CEO do Buscapé, explica que a comparação é feita com base nos mesmos produtos, o que tende a exibir um decréscimo, já que esses artigos desvalorizam frente a aspectos como aumento da tecnologia, lançamento de produtos superiores na mesma categoria ou troca de coleção: “Em 2016, com o avanço da crise econômica e política, que refletiu no aumento do desemprego e na desvalorização do real ante o dólar, os preços do e-commerce explodiram e a inflação atingiu dois dígitos pela primeira vez desde o início da série histórica. Contudo, o comportamento do índice mostra que o mercado está confiando que o pior da recessão já passou”

A categoria de Telefonia, com -9,71%, foi a que apresentou a maior queda dentre as monitoradas em dezembro. Logo em seguida aparecem Moda e Acessórios, com -5,35%; e Eletrônicos, com -2,77%. Com relação a novembro de 2016, 124, das 150 categorias, reportaram queda no preço. Para o CEO, esse padrão é constatado porque dezembro inicia o mês de saldões típicos da época: “Além disso, trata-se de um mês de muitos lançamentos de celulares e isso impacta nos preços dos produtos desta categoria”, completa.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados