Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Quais alimentos devem ser consumidos depois dos 40

Quais alimentos devem ser consumidos depois dos 40
16:00 pm ,3 de abril de 2019

A alimentação é um dos pilares importantes para todas as fases da vida, não apenas para depois dos 40 anos, é preciso entender que em cada fase temos demandas diferentes, mas é sempre necessário estar de olho na alimentação.

Depois dos 40 o metabolismo começa a desacelerar e o que se pode fazer para atenuar este processo é equilibrar sua rotina de exercícios.

Exercícios de força são muito indicados para manter massa magra. Mas os exercícios não podem estar sozinhos nesta empreitada! A alimentação rica em nutrientes é muito importante. Então é essencial visitar um bom nutricionista para que ele calcule suas porções de acordo com seu sexo, idade, gasto e etc.

A Nutricionista e Personal Trainer Tais Rímoli descreve abaixo algumas dicas importantes para a sua alimentação depois dos 40:

aumente o consumo de proteínas como: ovos, carnes vermelhas (magras), aves, peixes, leite, iogurte, oleaginosas, queijos etc;

diminua frituras;

evite dietas muito restritivas, assim evitará o efeito sanfona, que dentre todos os males que traz, um dos mais perceptíveis é a flacidez;

diminua bebidas alcoólicas e refrigerantes;

não fume;

insira alimentos integrais;

preste atenção no seu sono, ele precisa ter caráter regenerativo, caso não esteja conseguindo descansar nas suas noites de sono pode ser necessário consultar um profissional;

insira fibras na dieta;

diminua alimentos processados e ultraprocessados;

varie sempre os alimentos;

beba água.

Quais vitaminas são necessárias depois dos 40?

vitamina B12: essencial para circulação e bom funcionamento do cérebro (carne, frango, peixes, ovos);

cálcio: mantém saúde óssea, músculos e coração (tofu, sardinha, brócolis, feijão, grão-de-bico e espinafre);

vitamina D: favorece a absorção de cálcio no organismo e a deficiência pode desencadear diabetes, problemas cardíacos, esclerose múltipla e câncer colorretal. É encontrada no salmão, sardinha, ovos, cereais. Mas sua melhor fonte é o sol, de 10 a 15 minutos pela manhã ou final de tarde;

magnésio: Problemas cardíacos, diabetes e inflamações são mais frequentes em quem tem deficiência de magnésio. Além disso, ele também colabora na absorção de cálcio (verduras escuras, como espinafre, rúcula, mostarda e couve, além de muitos outros como feijão, soja, abacate e repolho);

potássio: um dos grandes responsáveis pelo controle da pressão, e auxilia a diminuir sintomas da menopausa (banana, batata-doce, acelga, feijão e lentilha);

omega 3: Ajuda a evitar problemas que surgem com o avanço da idade, como doenças crônico degenerativas. Os ácidos graxos do ômega 3 controlam a pressão e os níveis de LDL, o colesterol ruim e melhora a memória e concentração (peixes, especialmente salmão, nozes, semente de linhaça e semente de chia);

probióticos: Auxilia na redução de doenças cardíacas, diabetes e infarto melhoram as funções gastrointestinais, auxilia na absorção de nutrientes e no aumento da imunidade (alimentos fermentados);

antioxidantes: Os antioxidantes são substâncias que ajudam o organismo a atrasar ou impedir a ação dos radicais livres nas células, evitando danos permanentes que podem, ao longo do tempo, levar ao desenvolvimento de doenças como câncer, cataratas, problemas cardíacos, diabetes e, até, Alzheimer ou Parkinson. São eles: Betacaroteno, licopeno, flavonoides, vitamina A, C, E, cobre, selênio, zinco (frutas, verduras, legumes).

Quando a suplementação depois dos 40 é necessária?

Agora, acho que vem a parte mais importante do artigo, todos os nutrientes acima citados são de extrema importância para o bom funcionamento de nosso organismo. A falta deles pode trazer danos, porém o excesso de algumas destas substancias pode se tornar extremamente nociva ao nosso organismo. Portanto siga sempre a orientação de um profissional devidamente habilitado, e não vá fazer “compras” na farmácia procurando “novidades das revistas”.

Saibam que o segredo é a variedade dos alimentos! Procure sempre um profissional! Espero que tenha gostado das dicas! Compartilhe!

Tais Rímoli – Nutricionista e Personal Trainerwww.taisrimoli.com.br

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados