Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Rede de lojas de cervejas artesanais cresce 81,7%

Rede de lojas de cervejas artesanais cresce 81,7%
16:00 pm ,25 de maio de 2017

Em 2016, ano desafiador para o varejo brasileiro, as lojas de cervejas artesanais da rede Mestre-Cervejeiro.com apresentaram faturamento médio mensal 81,7% maior do que em 2015. Enquanto as lojas melhoraram seu desempenho, o número de unidades também cresceu: a rede terminou o ano passado com 59 unidades ativas, 68,5% a mais do que no início do ano, reforçando sua presença em todas as regiões do país.

E podemos afirmar que esses bons resultados não se resumem apenas à chegada da franquia a cidades com déficit de oferta de cervejas artesanais, como Fortaleza ou Boa Vista. Mesmo lojas já estabelecidas em suas regiões, com mais de um ano de atividade, viram suas receitas crescerem. O faturamento médio mensal destas unidades aumentou em 40% entre 2015 e 2016.

O faturamento total da rede atingiu pouco mais de R$ 18 milhões, aumento de 206,3% no comparativo com 2015. A projeção para 2017 é alcançar crescimento de 127,6% no faturamento, chegando aos R$ 41 milhões, e a 100 lojas espalhadas pelo país.

A rede atribui esse sucesso nas vendas ao crescimento do mercado de cervejas artesanais como um todo, estimado como algo entre 30% e 40% ao ano. “Cada vez mais o consumidor de cervejas vem tomando conhecimento da diversidade de aromas e sabores presentes nas cervejas artesanais, e não se trata de ‘moda’ mas sim de uma mudança permanente no perfil de consumo”, destaca Daniel Wolff, fundador da marca.
Falando em perfil de consumo, em 2016 as cervejas brasileiras foram as mais compradas, representando 56% do total de vendas. Isso deve-se não só ao aumento dos preços de produtos importados, consequência da alta do dólar, como também ao surgimento de novas microcervejarias nacionais — de acordo com estimativa do Instituto da Cerveja, em 2017 teremos mais de 500 fábricas no país — e à valorização do consumo de produtos locais. Depois das cervejas brasileiras, vieram, em ordem, as belgas, as alemãs, as americanas e as inglesas. A campeã de vendas em 2016, com mais de 5.700 garrafas comercializadas, foi a Mestre-Cervejeiro.com Double IPA, cerveja de marca própria da rede produzida de forma colaborativa com a premiada Cervejaria Tupiniquim. A segunda e a terceira foram, respectivamente, as alemãs Weihenstephaner Hefeweissbier e Schneider Weisse Tap 7.

Além do bom momento da cerveja artesanal, o crescimento foi impulsionado também pela experiência e know-how de quase 13 anos do Mestre-Cervejeiro.com no mercado, como uma marca estabelecida, que traz uma identidade forte. “Somos referência nacional em diversos aspectos da Cultura da Cerveja, não apenas como ponto de venda mas também através da produção de conteúdo na forma de artigos e vídeos, contribuições com a imprensa, produção de cervejas próprias, viagens cervejeiras, e, ainda, através da participação em eventos nacionais e internacionais”, pontua Wolff.
Criado em 2004, o Mestre-Cervejeiro.com é referência nacional na promoção de todos os aspectos da Cultura da Cerveja e já marca presença em mais de 40 cidades pelo Brasil. Com um catálogo de aproximadamente 1.000 rótulos de cervejas artesanais disponíveis para as lojas, a rede traz mais do que a experiência sensorial do consumo das cervejas, já que proporciona também o aprendizado através de conteúdos divulgados por vídeos e artigos, colaboração em revistas especializadas, promoção de viagens cervejeiras e workshops para empresas e para o público.

O Mestre-Cervejeiro.com oferece dois modelos de franquia – loja de rua e quiosque. Após fechar 2016 com 58 unidades em funcionamento no país, a rede espera chegar até dezembro deste ano com mais 42 novas lojas abertas.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados