Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Relatório mostra aumento de 8,8% de imigrantes trabalhando no Brasil no 2º trimestre

Relatório mostra aumento de 8,8% de imigrantes trabalhando no Brasil no 2º trimestre
16:15 pm ,12 de setembro de 2019

Relatório da Coordenação Geral de Imigração Laboral (CGIL) do Ministério da Justiça e Segurança Pública mostra um aumento de 8,8% no número de trabalhadores imigrantes no mercado brasileiro no segundo trimestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação, o número de permissões de trabalho passou de 6.865 para 7.467. O relatório completo está no link https://portaldeimigracao.mj.gov.br/images/dados/relatorio_trimestral/Relat%C3%B3rio%202%C2%BAtrimestre%20CGIL.pdf

O número de profissionais e técnicos manteve-se estável em relação ao ano passado, mas houve o incremento principalmente entre os executivos ligados a grandes empresas (94%) e investidores em geral (27%). “Isso quer dizer que está havendo um interesse em investir no Brasil”, afirma a sócia da Fragomen no Brasil e diretora da Abemmi (Associação Brasileira de Especialistas em Migração e Mobilidade Internacional), Diana Quintas.

Esses imigrantes injetaram R$ 51,9 milhões entre abril e junho de 2019, um aumento de 60% em relação ao período anterior que foi de R$ 20,8 milhões. Nessa conta, estão tanto os investidores com residência prévia, quanto os que garantiram residência permanente no País. Os italianos, chineses, franceses e portugueses foram as principais nacionalidades responsáveis por esse aumento.

O Estado do Ceará foi o principal destino do volume de investimentos realizados no segundo trimestre de 2019, somando R$ 16.657.990,6, quase quatro vezes os valores investidos no estado nordestino no mesmo período de 2018.

Mais mulheres

Mesmo com a predominância de contratação de pessoas do sexo masculino (6.751), no segundo trimestre deste ano, o número de mulheres contratadas cresceu 36,1% em relação ao mesmo período do ano passado, passando de 526 para 716 profissionais.

Outra característica do fluxo de profissionais para o Brasil é a qualificação dos mesmos. Os que têm formação igual ou maior que a graduação, representando 66% do total.

Os estados do Rio de Janeiro (3.004) e São Paulo (2.598) continuam sendo aqueles com maior concentração no número de autorizações de residência. Mas alguns estados se destacam pelo crescimento: Rio Grande do Sul (aumento de 57%), Espírito Santo (167%), Ceará (93%) e Pernambuco (28%).

A Fragomen no Brasil
A Fragomen é a maior e mais antiga empresa de imigração do mundo. Nascida em 1951 em Nova York (EUA), chegou ao Brasil em 2012, com a abertura de escritórios no Rio de Janeiro e em São Paulo. Atualmente, está presente em mais de 160 países, em todos os continentes.

Para mais informações, entrar em contato com Cecília Nascimento ([email protected] (11) 99678-6011.) ou Luis Indriunas ([email protected] – (11) 99241 2741) da Avocar Comunicação.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados