Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Reparo de smartphones é mais vantajoso do que comprar um novo

Reparo de smartphones é mais vantajoso do que comprar um novo
14:00 pm ,7 de janeiro de 2019

Para população brasileira, o reparo de smartphones é mais vantajoso do que comprar um novo.
Que o brasileiro possui uma ligação muito forte com os aparelhos smartphone não é novidade para ninguém. O que se observa no dia a dia é respaldado por pesquisas de instituições como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).

Dentro desse cenário, outro movimento que as pesquisas têm sugerido é o de um aumento concomitante dos serviços de reparos de smartphones. A tendência da população é, em vez de buscar um aparelho novo no primeiro problema, consertar e seguir com o que já tem.

Dados sugerem crescimento do mercado

A pesquisa mais recente do IBGE que contempla o assunto é a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad C), referente a 2016 e publicada no início deste ano. De acordo com ela, 77,1% dos brasileiros têm celulares. Discriminando por regiões, no Sul, Sudeste e no Centro-Oeste predominam no uso, com uma média maior de 80% da população.

O número total de aparelhos, porém, é ainda mais surpreendente: 250 milhões, segundo a ANATEL em estudo de 2016. Ou seja, há uma média maior do que um celular por brasileiro. Dados de 2015 da mesma instituição, aliás, indicam que 284 milhões de linhas ativas de telefonia móvel eram existentes no país naquele ano – lembrando que há aparelhos que suportam mais de uma linha.

A finalidade do uso dos aparelhos celulares também sofreu uma alteração com o tempo, segundo o IBGE. Se antigamente se limitava às ligações, hoje faz parte em conversas do dia a dia, operações bancárias e, de forma geral, tudo que envolve a internet – mesmo para assuntos de trabalho. Telefones móveis são utilizados por 94,6% das pessoas que acessaram a web.

Se os números podem induzir alguns a pensarem que o mercado está se esgotando, entretanto, este é um pensamento equivocado. Entre 2012 e 2016 o uso de smartphones cresceu em 3,5 vezes no país, dados próximos do crescimento mundial, de acordo com o estudo da Google Consumer Barometer. A indicação é que ainda há espaço para progredir.

O cálculo entre a compra e o reparo do smartphone

Dentro desse cenário, portanto, a utilização dos smartphones é parte constante da vida cotidiana. Independentemente da faixa etária e do uso que for dado, quase todo mundo, especialmente nas grandes metrópoles, utiliza diariamente. Os aplicativos de games, bancos, conversas e compras online estão entre os mais utilizados.

Com base nisso, é natural que as pessoas acabem investindo boa parte de seus rendimentos na compra do smartphone que mais se encaixa nas suas necessidades e que caiba no orçamento. O que se espera é que o aparelho possa durar por bastante tempo, ainda mais no cenário de crise e incerteza pelo qual passa o país.

Nesse sentido, outro movimento tem sido observado pelos estudos. A ANATEL indica que entre o período de 2016 e 2017 cresceram algo próximo de 50% os serviços de reparos de aparelhos celulares, bem como as vendas de smartphones novos caíram em cerca de 15%. Ou seja, quem tem investido na compra do smartphone ideal, prefere consertá-lo a comprar um novo quando algo adverso acontece. Os serviços tendem a ser principalmente em aparelhos de mais valor, como conserto iPhone.

A explicação disso pode ser dada sobretudo com um argumento financeiro. Conforme já dito, em primeiro lugar, o país passa por um momento de crise, o que torna difícil a troca do produto por alguns. Por outro lado, comprar um modelo mais novo sai muito mais caro do que apenas trocar a peça defeituosa.

Pense numa pessoa que teve uma avaria na bateria ou simplesmente que deixou o telefone cair e trincou a tela. A solução é bem mais simples e não exige a troca por um novo. Segundo a BR4iPhone, empresa especializada em produtos da Apple, por exemplo, a troca de tela iPhone e trocar bateria iPhone estão entre os serviços mais comuns.

Os smartphones que são de um nível mais elevado podem chegar a até cerca de 8 mil reais, enquanto os intermediários são próximos dos mil. Para efeito de comparação, os consertos variam de perto de 100 reais até um máximo de 900, sendo que os problemas mais comuns têm um custo mais perto dos 200 ou 300 reais. Isto significa, basicamente, que o cálculo econômico compensa.

A lógica dos preços do conserto segue a dos smartphones: quanto maior for o valor de mercado do celular, mais deve custar o conserto. Desse modo, os valores mais próximos dos mil reais num reparo serão relacionados aos aparelhos mais caros. É claro também que outra variável é o tipo de problema e o grau de avaria do produto.

Cuidados ao procurar uma Assistência Técnica

Com este uso constante dos smartphones, deixamos muitas informações importantes da nossa vida neles. Algumas medidas de prevenção podem ajudar na hora da escolha do melhor local de assistência técnica.

Em primeiro lugar, o consumidor deve dar prioridade aos estabelecimentos que sejam especializados no serviço e idôneos. Um local respeitável irá proteger os seus dados e dar conforto e segurança. Bons indicadores para se ter em conta são ver quantos reparos já foram feitos lá, há quanto tempo está no mercado, etc.

Em seguida, procure informações sobre a seriedade do estabelecimento. Você conhece alguém que já levou o celular lá e não teve problemas? Existem referências positivas sobre ele na internet? Ter a opinião de outros é sempre importante e a web pode nos ajudar nisso.

Ainda assim, sempre que for possível, faça um backup dos seus arquivos, altere as suas senhas se forem frágeis e tome medidas de segurança. Como isso não é sempre possível, afinal o celular pode simplesmente não estar ligando, o melhor mesmo é conhecer um local seguro.

A BR4iPhone, atuante no mercado de São Paulo desde 2011, é uma dessas empresas íntegras que dão valor ao produto e ao cliente. O estabelecimento ganhou notoriedade e crescimento a partir da alta do mercado de reparos de telefonia móvel a que temos referido e, desse modo, se tornou um dos principais locais de Assistência técnica Apple na região. Com mais de 200 mil reparos realizados nos últimos anos.

Mais informações de como consertar aparelhos ou tirar qualquer dúvida podem entrar contato diretamente pelo site https://www.br4iphone.com.br ou pelo telefone (11) 2621-7689

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados