Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Três principais riscos para quem financia o agronegócio

Três principais riscos para quem financia o agronegócio
16:00 pm ,25 de outubro de 2017

O crédito é imprescindível para alavancar atividades produtivas em todos os segmentos, incluindo o agronegócio. Quem empresta quer a segurança de que vai recuperar o investimento. Mas, no caso de quem financia as atividades agropecuárias, o não pagamento da dívida é apenas um dos problemas.
Especialistas da Serasa Experian elencaram os três principais riscos e seus impactos para as instituições financeiras que concedem o crédito rural e para quem adquire os produtos rurais sem atentar para as legislações ambientais e sociais.

1. Riscos de co-responsabilidade
Ao financiar produtores rurais ou ao adquirir produtos agrícolas daqueles que não atendem as legislações ambientais e trabalhistas, cujas propriedades rurais não possuem adequada Reserva Legal e Áreas de Proteção Ambiental, que utilizam áreas de conservação e/ou áreas de proteção indígenas, para produção agropecuária, bem como produtores que estão inseridos na lista de trabalho análogo à escravidão, entre outras infrações podem ser co-responsabilizados e sofrer pelas infrações diversas sanções legais, inclusive pesadíssimas multas.

2. Riscos reputacionais
O maior valor para uma organização é a sua reputação. Nenhum negócio justifica a danos à sua marca. Empresas investem muito para criar valores sustentáveis, uma vez que valores intangíveis suplantam os valores contábeis e direcionamentos não conformes, as obrigam a dispender muito dinheiro para recuperar a idoneidade. O mercado hoje, já considera a responsabilidade socioambiental tão importante quanto a situação econômica financeira.

3. Riscos de Inadimplência
Para o financiador é importante analisar o produtor rural, a propriedade rural e a produção especificamente. Assim, cabe ao financiador analisar as informações patrimoniais e comportamentais dos clientes do agronegócio, bem como os históricos de honrar os contratos de crédito, a conformidade social e a ambiental, o histórico e a expectativa de produção e da produtividade das culturas plantadas, a entrega da produção, a forma de estocagem, os impactos do clima sobre a culturas. Desta forma, pode-se fazer uma análise integrada de riscos de inadimplência e melhor gestão nas etapas do ciclo de crédito

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados