Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Scroll to top

Top

Seções de venda de produtos e serviços do Facebook

Seções de venda de produtos e serviços do Facebook
14:00 pm ,10 de agosto de 2016

Conforme anúncio divulgado na quarta-feira, dia 03/08/2016 pelo Facebook, os donos de empresas e empreendedores que utilizam a rede social para divulgação e engajamento de suas marcas, terão opções personalizadas para atender seus clientes.

Esses recursos foram nomeados como seção de compra e de serviço. A seção de compra foi disponibilizada para o sudeste da Ásia, países em desenvolvimento, como o Brasil, Tailândia, Vietnã, Indonésia, Malásia, México, Filipinas, Índia, Argentina e Taiwan. Tal decisão foi tomada a partir dos resultados obtidos nos testes realizados desde o início do ano, em países que apresentaram maior engajamento.

A opção de compras permite que as lojas exibam o seus produtos de uma forma mais eficiente, com alternativa para disponibilizá-los em formato de lista, com descrição de texto e fotos, de maneira completa. Além disso, o contato com o cliente é facilitado pelo uso da ferramenta Messenger, como SAC 2.0.

Já a opção de serviços possui a mesma funcionalidade e interação, porém com um foco diferente para os prestadores de serviço. Essa opção já foi disponibilizada para o mundo todo.

O Facebook entende que o uso dessas ferramentas irá implicar diretamente nos resultados de compra e aquisição de serviços, pois esses recursos facilitam a captação de informação pelo cliente e isso vai interferir diretamente em sua decisão final de compra.

Além de motivar o uso da rede social pelas pequenas empresas, o Facebook também não medirá esforços para aumentar os acessos à ferramenta do Messenger.

Apenas no Brasil, 83% dos consumidores estão conectados a uma empresa e durante o teste realizado no começo do ano 2016, o país chegou a estar entre os 10 países que mais utilizaram o aplicativo de mensagens para conectar empresas de pequeno e médio porte com o seu público-alvo.

Essas opções além de auxiliarem pequenas empresas com baixo poder de investimento para desenvolver uma plataforma e-commerce completa, também podem ajudar as grandes empresas, como mais uma opção de canal de contato com o cliente seguindo a tendência mundial.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanhaTodos os direitos reservados