Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Setor funerário cresce a passos largos e soma faturamento de até R$ 7 bilhões ao ano

Setor funerário cresce a passos largos e soma faturamento de até R$ 7 bilhões ao ano
17:00 pm ,24 de dezembro de 2018

Um setor praticamente imune a crises. Essa é a definição mais clara de economistas quando analisam o segmento funerário. Dados atualizados do Sincep (Sindicato dos Cemitérios e Crematórios Particulares do Brasil) revelam que faturamento anual de toda a indústria funerária brasileira soma R$ 7 bilhões. Segundo o órgão, o número foi definido por estatística e engloba todo o movimento da indústria: sepultamento, cremação, serviço funerário.

Cláudio de Luna, da empresa Luna Funerária e Cemitério Assist & Sales, localizada na Avenida Paulista, afirma que o setor continua crescendo e apresentou avanço em praticamente todos os serviços em sua empresa. Um dos destaques foi a elevação em 35% das solicitações para cremação nos 11 primeiros meses de 2018, chegando a 200 procedimentos. “O processo de cremação em caso de morte natural é rápido e prático. A longo prazo é também mais econômico optar por esse serviço. É mito que cremar é mais caro do que sepultar, porque os custos de velório, taxas de sepultamento, manutenção e exumação do túmulo/jazigo podem pesar no bolso, enquanto que com as cinzas esses custos não existem”, explica.

Para exemplificar, Luna explica que o valor da cremação com parte de R$ 4.500,00 adicionando ainda os custos do serviço funerário, contra R$ 10 mil do sepultamento com jazigo. Porém, no longo prazo, o processo de incineração acaba ficando mais barato.

Busca por planos funerários cresce

Outro indicador apresentado pela Luna diz respeito aos Planos Funerários. A procura pelo produto subiu muito em 2018, somando 40% para o plano convencional e 80% para a cremação. “Os Planos estão crescendo principalmente na faixa etária de 45 a 60 anos, as famílias estão se organizando e fazendo o planejamento familiar para não haver surpresas e gastar um valor alto neste momento de dor e constrangimento com seu ente querido”, complementa Cláudio de Luna.

O Plano Funerário é um tipo de serviço contratado como forma e prevenção em que são ofertados serviços do sepultamento, aluguel de gavetas, cremação e documentações. Em alguns planos, também são cobertos atendimento médico e até fornecimento de cadeiras de rodas.

Cremação, como funciona?

De acordo com informações da Prefeitura de São Paulo, a cremação é o processo que incinera de forma rápida e higiênica, por meio de equipamentos de alta tecnologia projetados exclusivamente para este fim, o corpo do falecido, juntamente com a urna. Em São Paulo a prática ocorre desde 1974, quando foi inaugurado o Crematório Municipal Dr. Jayme Augusto Lopes, popularmente conhecido por “Crematório Vila Alpina”, localizado no Jardim Avelino, Zona Leste.

Desde março de 2016, o Serviço Funerário do Município de São Paulo (SFMSP) passou a oferecer aos munícipes seus serviços 24h, durante os sete dias da semana. A prioridade do local é dar atenção àqueles que, em uma situação delicada, já passaram por todo o processo do velório e já fizeram todos os trâmites para a realização das homenagens.

Ao longo os anos, a procura pela cremação tem aumentado consideravelmente. Em 2015, foram realizadas 9.170 cremações de corpos e 1.557 cremações de ossos de despojos resultantes de exumações. Em 2016 – 9.493 corpos foram exumados e em 2017 – 10.250 corpos. A média mensal chega a 900 cremações.

O crematório municipal obedece a Lei Municipal nº 7017/67, bem como e às normas do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Não emite gases poluentes e está devidamente licenciado pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB).

Declaração de Vontade

Para a cremação, antes do processo existe um documento chamado “Declaração de Vontade” que, em vida, o interessado pode preencher e registrar em cartório para deixar claro a sua vontade, ou, caso essa declaração não tenha sido feita, a cremação também poderá ser realizada mediante a autorização de um parente de primeiro grau, na ordem sucessória (cônjuge, ascendentes, descendentes e irmãos maiores de 18 anos), com 2 (duas) testemunhas.

Urnas para Cinzas

Outro mercado que produz produtos para esse segmento são as chamadas urnas para cinzas. Existem vários modelos baseados na consciência ecológica, como urnas biodegradáveis construídas com matérias-primas naturais, como folhas, areia, sementes e até tintas ecológicas.

Mas também há quem prefere os modelos tradicionais, de madeira, aço, bronze, entre outros. Esses produtos são convencionais e nunca perdem totalmente a preferência. Veja mais informações no link https://lunafuneraria.com.br/urnas-para-cinzas/ .

Serviço

Crematório Municipal Dr. Jayme Augusto Lopes (Crematório Vila Alpina). Av. Francisco Falconi, 473 – Vila Alpina – São Paulo
Para mais informações sobre cremação, basta ligar nos telefones abaixo:

Telefone: (11) 2532-8314

WhatsApp (11) 99676-8256

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados