Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Top 3 dicas para fugir do trânsito e melhorar a mobilidade urbana

Top 3 dicas para fugir do trânsito e melhorar a mobilidade urbana
16:00 pm ,1 de outubro de 2018

Alternativas como bicicletas, compartilhamento de carros e voos de helicóptero podem ajudar a melhorar o deslocamento e, finalmente, a qualidade de vida dos paulistanos

Não é segredo que o trânsito na hora do rush é insuportável nos grandes centros urbanos. São Paulo é ótimo exemplo disso. Embora uma pesquisa da Rede Nossa São Paulo, lançada neste mês, revele uma queda de 10 minutos no período de deslocamento diário dos paulistanos, as pessoas ainda passam, em média, 2h43 por dia no trânsito pela cidade.

Conviver com os congestionamentos gera um impacto negativo na saúde das pessoas. Um estudo de 2012 realizado pela Universidade de Washington em St. Louis, observou que longos trajetos consomem tempo de exercício físico. Por isso, são associados ao sobrepeso, baixos níveis de condicionamento físico e maior pressão arterial — todos fortes causadores de doença cardíaca, diabetes e alguns tipos de câncer.

Mas há boas notícias. Hoje, é possível encontrar algumas alternativas que podem melhorar o deslocamento das pessoas e seu bem-estar geral.

1) Comece a pedalar

No Brasil, já circulam mais bicicletas do que carros (70 milhões vs 50 milhões, respectivamente), segundo o IBGE e a Abraciclo. A Organização das Nações Unidas (ONU) diz, ainda, que a bicicleta é o transporte ecologicamente mais sustentável do planeta. Fora isso, há uma grande melhora na saúde quando se pedala uma hora por dia, gerando benefícios como perda de peso, melhora do sistema cardiorrespiratório e controle de doenças como a diabetes, colesterol, estresse e ansiedade.

2) Compartilhe o carro

O compartilhamento de carros é uma tendência mundial. Uma vantagem óbvia é a melhora no trânsito com a redução de veículos nas ruas. Outro benefício é a redução de poluentes no ar. Cidades que iniciaram medidas para reduzir o uso de automóveis – como Paris, por exemplo – observaram uma melhora na qualidade do ar.

3) Passe pelo trânsito voando

As viagens aéreas nos centros urbanos já são uma realidade. A Voom criou uma tecnologia de “pooling” que permite oferecer o serviço de helicóptero mais acessível de São Paulo, com valores até 80% menores do que os de serviços de helicóptero tradicionais – o custo aproximado de um serviço de carro particular. Como uma plataforma de reserva de voos sob demanda, a Voom combina tecnologia com uma frota existente de veículos aéreos seguros, confiáveis e regulamentados pela Anac. “A Voom está democratizando as viagens de helicóptero nas cidades mais congestionadas do mundo, começando por São Paulo e pela Cidade do México”, afirma Uma Subramanian, CEO da Voom.
A Voom voa para 9 helipontos por toda a cidade, entre 7h e 20h, de segunda a sexta e, aos sábados, das 10h às 16h. Os passageiros podem reservar uma viagem e decolar em apenas 60 minutos ou planejar a viagem com até 7 dias de antecedência.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados