Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

5 dicas para economizar energia no seu comércio

5 dicas para economizar energia no seu comércio
17:53 pm ,28 de janeiro de 2020

A estação mais quente do ano chegou. Além do calor, a estação costuma trazer também o aumento na conta de luz, principalmente com as constantes mudanças nas bandeiras tarifárias. O consumidor deve ficar atento aos hábitos, especialmente nessa época do ano, mas com medidas simples, ao alcance de todos, é possível economizar energia no verão, sem perder conforto a ainda garantir a competitividade nos pequenos comércios e empresas.

1 – Aproveitar melhor a iluminação e ventilação naturais

Entre os principais consumidores da energia elétrica em uma empresa estão a iluminação do ambiente e a geração de frio, seja pelo ar condicionado ou refrigeração de itens perecíveis. Utilizar a luz natural de forma inteligente é imprescindível para economizar: claraboias e janelas em locais estratégicos e lâmpadas dimerizaveis ou LED podem contribuir. Além disso, quando bem ventilado, o local requer menor utilização de ar condicionado ou ventiladores.

2 – Manutenção preventiva nos equipamentos

A correta manutenção dos equipamentos permite que os aparelhos funcionem melhor e contribui para menor consumo de energia elétrica. Deve-se avaliar os gases utilizados nos equipamentos de refrigeração, eles são fundamentais para manter a temperatura correta. Em caso de vazamentos e má instalação, há significativa redução na eficiência.

3 – Adoção de energia solar fotovoltaica

Outra possibilidade de reduzir os gastos energéticos é o uso de energia solar. Diversas empresas oferecem esse tipo de energia, entre elas, a Mori Energia. Podem usufruir do benefício pessoas jurídicas atendidas pela CEMIG com consumo mensal acima de 500kWh. O melhor de tudo é que não é necessário nenhum tipo de investimento, instalação ou obras. A energia continuará chegando pela rede da CEMIG, porém, com menor custo.

4 – Revisão do sistema de energia

Problemas na instalação elétrica e o desgaste gradual da fiação e componentes utilizados podem representar altos custos com energia. Além de ser um risco maior à segurança do local e integridade dos equipamentos em razão de maior chance de curto circuito e incêndios, existe a possibilidade de ser uma rede projetada para outra demanda energética.

5 – Conscientizar colaboradores

Modificar hábitos nem sempre é fácil. Mas ao considerar a probabilidade de escassez é necessária uma força tarefa para reverter o alto consumo de energia elétrica. Principalmente com atitudes que promovam o consumo consciente dentro e fora da empresa. Converse com os colaboradores e compartilhe dicas úteis e práticas.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados