Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Brisbane, patrimônio histórico australiano

Brisbane, patrimônio histórico australiano
17:00 pm ,28 de junho de 2018

por Thais Tavares

Nessa semana falaremos um pouco de Brisbane, capital e cidade mais populosa do estado de Queensland e um dos mais famosos centros históricos da Austrália. A cidade é considerada como a terceira maior da Austrália com pouco mais de 3,5 milhões de habitantes. Também é famosa por ser a cidade mais ensolarada do país. Mesmo sem praia, tem excelentes opções para curtir os dias mais quentes: muitos parques, áreas verdes, rios e até uma prainha artificial!

O distrito central de negócios de Brisbane, conhecido por ser o segundo maior da Austrália, atrás somente de Melbourne, fica no assentamento europeu original e está situado dentro de uma curva do rio Brisbane, a cerca de 15 quilômetros de sua foz na Baía de Moreton. A área metropolitana se estende em todas as direções ao longo da várzea do Vale do Rio Brisbane entre Moreton Bay e Great Dividing Range, espalhando-se por várias das áreas mais populosas do governo local, mais centralmente a cidade de Brisbane, que é de longe a mais populosa do país.

Uma das cidades mais antigas da Austrália, Brisbane foi fundada sobre as antigas terras dos povos indígenas Turrbal e Jagera, sendo, também, marcada pela fronteira australiana nas guerras entre 1843 e 1855. Foi escolhida como a capital quando Queensland foi proclamada uma colônia separada do estado de New South Wales em 1859. Durante a Segunda Guerra Mundial, Brisbane desempenhou um papel central na campanha dos Aliados e serviu como sede para o General do Exército dos Estados Unidos Douglas MacArthur. Hoje, Brisbane é bem conhecida por sua arquitetura distinta de Queensland, que forma grande parte do patrimônio construído da cidade. A cidade também recebe atenção por seus grandes eventos culturais, internacionais e esportivos, incluindo os Jogos da Commonwealth de 1982, a World Expo ’88, os Goodwill Games em 2001 e a cúpula do G-20 de 2014. Em 2016, a Globalization and World Cities Research Network classificou Brisbane como uma cidade mundial Beta.
A cidade é dividida em três partes centrais: The City, Southbank e Fortitude Valley.

The City
Desde a maior seleção de moda e comida e bebida premiadas de Queensland, até um extenso programa de entretenimento gratuito, o The City oferece uma descoberta em todas as direções. Com mais de 1.000 lojas para escolher, oferece o espectro completo de compras – todas as marcas nacionais favoritas, as principais lojas de departamentos, além de designers internacionais que você não encontrará em nenhum outro lugar em Queensland. Oferece também restaurantes, cafés e bares premiados com o Good Food Guide em Queensland, na cidade. Existem centenas de opções para aguçar sua paleta. De bares frescos e bistrôs ribeirinhos, a lanchonetes de comida fresca e cafés ao ar livre.

Southbank
South Bank é o principal destino cultural e de estilo de vida de Brisbane. Localizado nas margens do sul do rio Brisbane, está aberto 365 dias por ano e atrai cerca de 11 milhões de visitantes anualmente, se estendendo da Galeria de Arte de Queensland e da Galeria de Arte Moderna no norte até o Museu Marítimo de Queensland, no sul, e é famosa por sua diversificada mistura de entretenimento, recreação e atividades de lazer que ficam a uma curta distância umas das outras. Apenas alguns dos destaques do distrito incluem 17 hectares de parques no centro da cidade; mais de 90 restaurantes, cafés, bares e boutiques; museus e galerias de classe mundial; um centro de artes cênicas; um cinema; hotéis de cinco estrelas e a roda de Brisbane. South Bank é também o lar de centenas de eventos a cada ano e está em constante evolução para criar experiências novas e emocionantes para moradores e visitantes. Em 2016, South Bank também se tornou um dos sete parques da Austrália a receber o Green Flag Award, por sua excelência como espaço verde.

Fortitude Valley
Fortitude Valley é uma contradição em si – cru, mas sofisticado. É onde a elegância e o estilo se encontram, e as propriedades tombadas pelo patrimônio se destacam orgulhosamente entre os edifícios contemporâneos. O Vale, como é carinhosamente conhecido, foi o primeiro distrito de entretenimento dedicado da Austrália e continua a ser um ramo de atividade. Música ao vivo prospera e DJs internacionais são atraídos para os clubes e bares chiques. O impressionante Chinatown Mall é um centro de exóticos supermercados e restaurantes chineses. O complexo Emporium proporciona uma sensação de aldeia europeia, a James St apresenta marcas de moda australianas e o Brunswick St alberga opções de refeições multiculturais.

Então está ai, mas um lugar a ser anotado no livrinho de destinos quando decide se aventurar pela Austrália.

IMG_0277
IMG_5567
IMG_5600
IMG_5539
IMG_5493
IMG_2524
IMG_5476
IMG_2523
IMG_2522
IMG_0281
IMG_0276
capa

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados