Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Cresce as empresas que adotam o inglês como idioma oficial

Cresce as empresas que adotam o inglês como idioma oficial
15:00 pm ,29 de janeiro de 2018

É crescente o número de empresas multinacionais que adotam o inglês como língua oficial. A moda começou nas nações com ambições globais – como Cingapura, países nórdicos e Suíça – e, agora, chega ao Brasil. Esta tendência no Brasil ocorre, especialmente, porque empresas estrangeiras estão comprando ou incorporando empresas brasileiras.

“Os e-mails e todas as demais comunicações e informações dentro deste perfil de empresa circulam em inglês. Com a Globalização, que teve seu ápice na década de 1990, ficou cada vez mais normal o uso do inglês dentro das empresas a ponto de até mesmo um profissional que não trabalhe em uma multinacional, atualmente, necessite do inglês para garantir a sua empregabilidade atual e futura”, ressalta Abel Campos, diretor da The Camp English Training.

No Japão, por exemplo, o inglês corporativo chegou não só a jovens empresas que surgiram com a internet, como às companhias da velha economia. Além disso, a revista britânica “The Economist” cita, por exemplo, a história de Yang Yuanqing (presidente da Lenovo, gigante chinesa de tecnologia), que cresceu numa área rural pobre e mal falava inglês até seus 40 anos. Porém, essa tendência de internacionalização não atinge somente os países asiáticos.

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento de educação e treinamento, formado também por franquias de ensino de línguas estrangeiras, foi um dos que mais se destacou em 2017.

O setor registrou crescimento de 10% no terceiro trimestre do ano passado, em comparação com anos anteriores; mesmo com a crise econômica no Brasil. “No ano passado, dobramos o número de alunos porque as pessoas entenderam que precisam investir em autodesenvolvimento e autoconhecimento a fim de aprimorar suas competências e habilidades para aumentar sua competitividade no mercado de trabalho. A crise do país fez com que muita gente percebesse a necessidade de investir no estudo do inglês, pois o domínio de um segundo idioma tornou-se indispensável na decisão de uma contratação”, lembra o diretor da The Camp English Training.

Sobre a The Camp
Localizada em Curitiba, a The Camp tem mais de 220 alunos e outros 40 grupos em empresa de diferentes segmentos. Com nove anos no mercado, já atendeu a mais de 700 alunos em 120 empresas. Além disso, realizou 32 eventos de conversação descontraídos e informais em Curitiba e quatro imersões de final de semana em que os participantes falam em inglês do início ao fim da jornada.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados