Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Dicas de vinhos para harmonizar com as comidas típicas do Natal

Dicas de vinhos para harmonizar com as comidas típicas do Natal
16:00 pm ,15 de dezembro de 2017

Vinho é uma bebida que pode – e deve – estar presente ao longo do ano, mas com a chegada do Natal e do Ano Novo ela vai complementar ainda mais as comemorações. Para ajudar, o sommelier do projeto Vinho Mais, Rodrigo Bertin, selecionou os vinhos ideais para cada prato típico da Ceia de Natal.

Peru – Vinhos brancos encorpados com passagem por barrica (como Chardonnay) ou Tinto Leve (como Tempranillo jovem). “O peru é uma carne leve e pode ser preparada de várias formas, inclusive agridoce, por isso a escolha seria de um vinho que não possua muito corpo e que não se sobressaia sobre a carne do peru e seus tempero”, explica o especialista.

Tender – Vinho Rose, como Malbec, Merlot, Tempranillo ou Shiraz. “O tender já é uma carne de média estrutura de gosto, não muito gordurosa e geralmente preparada com a utilização de cravos da índia e molho agridoce, por isso o frescor, aromas críticos e a acidez de um vinho rosé combinariam muito bem”, diz Rodrigo Bertin.

Lombo – Tinto leve como Pinot Noir ou Merlot. De acordo com o sommelier, o lombo é uma carne de estrutura média também, porém apresenta um nível de gordura mais presente e por isso combina bem com um vinho tinto. “Porém não muito encorpado para não se sobressair sobre o gosto da carne”, ressalta.

Salpicão – Espumante Brut Rosé. O Salpicão tem untuosidade da maionese, a acidez do abacaxi, doçura de frutas secas e salgado de batata palha, por isso necessitamos de um vinho coringa que seja capaz de conversar com todos os ingredientes em bastante harmonia. Assim sendo o espumante brut rosé cumpre muito bem com esse papel.

Rabanada – Vinho de sobremesa Colheita Tardia. “Um prato doce e frito, bastante cremoso e que casado com um vinho de sobremesa como o colheita tardia se torna ainda mais delicioso! A acidez do vinho fará a sensação de oleosidade sumir, além do vinho amenizar o açúcar do prato”, ensina.

Panetone – Espumante Moscatel. De acordo com Rodrigo Bertin, essa é uma das combinações mais deliciosas do natal, pois o panetone com suas frutas cristalizadas fica ainda mais saboroso acompanhado de um espumante moscatel. “Ele parece ficar mais molhadinho e a acidez do vinho realça seu sabor”, diz.

Castanhas – Espumante Brut Branco. “Para qualquer tipo de castanha sem dúvida alguma o espumante brut seria o companheiro ideal, pois ele limpa nossa boca dando frescor e leveza preparando ela para mais um punhado de castanhas e logo após, já dá vontade de dar mais um gole”, finaliza.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados