Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Engajar é a palavra-chave para aumentar as vendas no Natal

Engajar é a palavra-chave para aumentar as vendas no Natal
14:00 pm ,16 de novembro de 2017

As perspectivas são que o Natal deste ano seja melhor do que o de 2016, para o comércio. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) revisou para cima as previsões de vendas. O aumento deve ser de 4,3% para 4,8%. Já a contratação de trabalhadores formais temporários, no período, deve subir de 73,1 mil para 73,8 mil.

Mas o sucesso das vendas poderá ser incrementado com algo fundamental para o setor, o engajamento da equipe. O consultor e especialista em varejo, Paulo Maranhão, um dos pioneiros do e-commerce no Brasil, afirma que grande parte do êxito dos empreendedores, vendedores e líderes está no modo como tratam seus funcionários e, lógico, clientes e parceiros.

De acordo com Maranhão, os bons resultados só aparecem quando se une a competência técnica à motivação. Assim, o empreendedor deve ser o mais motivado a vender e produzir seu produto ou serviço. “O brilho nos olhos é que contagiará a equipe, os parceiros e clientes”, ressalta.

Para os que acham a tarefa fácil, o especialista avisa que não é. Inclusive, cita uma pesquisa feita pela consultoria Deloitte, em 2015, com 2.500 líderes de RH de 94 países, a qual apontou que somente 13% dos funcionários eram engajados.

Segundo Maranhão, a função de todo empreendedor é garantir que as pessoas que trabalham com ele estejam motivadas e, quando se trata de um time de vendas, é algo ainda mais importante, pois é essa equipe que está na linha de frente, garantindo que os produtos sejam comercializados e que a empresa conquiste lucros.

Como engajar os vendedores? O especialista diz acreditar muito na recompensa financeira. Para o pessoal de vendas, Maranhão sugere que o salário variável tenha um percentual da composição final da remuneração maior do que o salário fixo, pois assim, se esforçará para bater as metas e entregar os resultados.

“Quanto melhor o vendedor, melhor o salário que ele terá. E o empreendedor terá uma métrica para saber quais são os mais eficientes. O dinheiro engaja de um jeito muito rápido”. No entanto, Maranhão alerta que não é o bastante e afirma: “Os funcionários precisam sentir que trabalham por um propósito, que pode ser melhorar a vida dos clientes, transformar o mercado ou, dependendo do produto, até mesmo mudar o mundo”.

Mas esse propósito deve ser bem claro. O especialista diz ser o empreendedor o responsável por isso. Portanto, antes dos funcionários, ele mesmo precisar ter total compreensão de qual é o propósito de sua empresa. “Quando isso está no coração, é demonstrado naturalmente aos funcionários. E aí a engrenagem de vendas funciona com muita tranquilidade, pois as bases para a plataforma de faturamento estão totalmente sólidas. As bases, é claro, são as pessoas”, afirma Maranhão.

Fonte: Paulo Maranhão

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados