Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nova dieta: A importância de consultar um dentista

Nova dieta: A importância de consultar um dentista
14:00 pm ,24 de julho de 2018

Quem nunca fez a promessa de fazer dieta? Alguns conseguem manter o foco, outros seguram por um tempo e logo largam, e tem aqueles que já pedem uma pizza no primeiro dia. Acontece, né? É, de fato, muito importante querer se cuidar e fazer bem ao seu corpo, reeducando sua alimentação, seus hábitos e até mesmo incluindo alguns exercícios no seu dia. Contudo, nenhuma dieta pode ser começada sem uma consulta ao profissional. Só ele é capaz de saber o que é melhor para você nesse momento, baseado na sua idade, estilo de vida, entre outros fatores. Mas, além do nutricionista, você sabia que é importante também ir ao dentista? Veja agora o porquê com as respostas de Kalina Diniz!

Entenda a relação entre a alimentação e a saúde bucal:
A nutrição do paciente influencia diretamente todas as funções do seu corpo, já que é a fonte de energia para todo o corpo. Além da perda ou ganho de peso, aquilo que você come também interfere no equilíbrio da sua saúde bucal. Assim como destaca a profissional Kalina Diniz, é importante entender que o bem-estar começa pela boca. “Aquilo que ingerimos pode elevar a acidez da saliva, meio importante para a proliferação de bactérias, e que pode afetar a saúde bucal”, comenta ela. Por isso, o indicado é manter uma dieta equilibrada e beber bastante água ao longo do dia. Quanto mais colorido o prato, melhor!

Qual é a importância de consultar o dentista ao começar uma nova dieta?
Ir ao nutricionista para começar uma nova dieta é algo normal. Entretanto, visitar o dentista após essa consulta pode parecer algo incomum para muitas pessoas. Mudar a alimentação provoca alterações em todo o corpo, inclusive na sua cavidade bucal, que também merece atenção. “O profissional irá descrever quais são os alimentos benéficos e maléficos que poderão ser consumidos e evitados para se ter dentes bonitos e saudáveis”, explica Kalina. É importante compreender como a dieta pode tornar o sorriso mais resistente à cáries e doenças periodontais. Para completar, o cirurgião-dentista pode orientá-lo a realizar a higiene bucal correta, de acordo com aquilo que você consome.

Saiba como a dieta pode prejudicar sua saúde bucal
A preocupação com aquela gordurinha a mais é uma das grandes influências que levam pacientes a iniciarem uma dieta. No entanto, você não deve fazer essas alterações sozinho, pois os alimentos consumidos interferem em todo o corpo. “A dieta deve ter uma orientação nutricional equilibrada, onde seja rica de alimentos como frutas, legumes, proteínas, vitaminas, minerais, pobre em açúcares e carboidratos e ingestão de bastante água”, orienta a dentista. Mas, há alimentos que podem atrapalhar sua saúde bucal, como os ácidos, que promovem a erosão dentária, e os adesivos, que provocam a cárie, como os doces.

Uma dica é incluir os alimentos detergentes na sua dieta, conhecidos por eliminar os resíduos, deixando os dentes mais limpos, como as proteínas e legumes. Una todos esses cuidados à alimentação equilibrada, prática de exercícios, higiene bucal e visitas ao dentista. “Todos estes fatores contribuirão para que o indivíduo goze de uma boa saúde em geral, em consequência terá uma excelente saúde bucal”, destaca ela.

Consulte seu dentista e lembre-se, a prevenção é a melhor forma de tratar qualquer coisa. Este texto é uma recomendação da Dra. Juliana Comunian. Agende uma consulta:

Dra. Juliana Comunian
(35) 3221-6897
Rua Alberto Cabre, 63, Vila Pinto – Varginha/MG

Fonte: Sorrisologia

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados