Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

O aumento de consumidores com mais de 60 anos

O aumento de consumidores com mais de 60 anos
16:00 pm ,5 de março de 2018

Quando se fala em estratégias de vendas online, muitas empresas concentram seus esforços em dois grandes públicos: a geração Millenium – nascidos entre as décadas de 1980 e 1990, e na geração Z – nascidos em torno de 1995. É fato que esses consumidores são extremamente conectados e interessados em qualquer novidade. Porém, outro grupo muito importante tem sido esquecido: aquelas pessoas com idade acima de 60 anos – também conhecidas como geração Baby Boomers – que estão se adaptando às novas tecnologias e representam uma importante tendência para o varejo virtual.

O que dizem as estatísticas?
Em um primeiro plano, é comum pensar que os idosos não conseguem se acertar com as tecnologias. Entretanto, diversos dados estatísticos têm mostrado o contrário. Em pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva, no ano de 2016, foi constatado que houve um crescimento de 940% no uso de internet por pessoas dessa faixa etária. No mesmo caso, notou-se que em oito anos esse tipo de usuário saltou de 364 mil para 4,8 milhões.

Na PNAD de 2015 (Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios), o IBGE (Instituto de Geografia e Estatística) comprovou que o acesso à internet entre pessoas com idade acima de 60 anos era de 17,4%. Em 2016, esse número passou para 24,7%, o que demonstra um crescimento de 7,3%. Além disso, a maior parte desse acesso é feito via celular.

Por que esses números são tão relevantes para o comércio virtual?
Os números citados demonstram o quanto os idosos representam uma parcela considerável de consumidores na internet. Ainda, se antes esse meio parecia um obstáculo para os mais velhos, hoje é cada vez mais encarado como um facilitador de compras online. Por essa razão, eles veem a web como um mar de possibilidades para obter produtos em cadeia nacional, e não somente regional.

Pensando dessa maneira, é relevante observá-los como uma oportunidade de ouro para incrementar suas vendas. Isso significa que esses ambientes devem ser de fácil acesso, tanto em computadores quanto celulares e tablets. Logo, é essencial usar fontes de fácil leitura, ter foco em eficiência na navegação, além de oferecer informações claras, especialmente quanto a formas de pagamento. Outro ponto importante é disponibilizar um passo a passo de como realizar compras e cancelamentos no site.

Como vender para pessoas idosas na internet?
Para vender para os mais velhos, é importante oferecer certa variedade de produtos, não importa qual seja o seu nicho de atuação. Afinal de contas, eles gostam bastante de ter opções de escolha. Nesse caso, é indispensável caprichar na descrição desses itens. Também oferecer atendimento online (via chat ou WhatsApp) é outro caminho a ser seguido. Assim, eles podem tirar dúvidas e fazer suas compras com mais tranquilidade.

Pensar em estratégias digitais bem segmentadas é outro aspecto importante. Por exemplo, ofereça dicas de presentes para familiares por e-mail ou Facebook ou liste dicas importantes sobre saúde e bem-estar. Aproveite ainda esses canais para encantar esses clientes, distribuindo cupons de desconto ou frete grátis.

Assim, aproveitando tendências e ações adequadas, seu e-commerce estará pronto para atender a esse público. Consequentemente, a partir do momento em que ele tiver uma boa experiência de compras, será fiel à sua marca e fará indicações a pessoas próximas.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados