Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Por que as pessoas desistem das dietas para emagrecer

Por que as pessoas desistem das dietas para emagrecer
14:00 pm ,29 de maio de 2018

A nutricionista, Angela Faustin do programa Mania Detox, explicou que o primeiro passo para emagrecer com saúde é o reconhecimento de que é necessário mudar os hábitos alimentares.

Muitas pessoas têm a falsa ideia que fechar a boca e fazer exercícios é a receita para emagrecer, mas de acordo com vários estudos científicos, as dietas restritivas não só fracassam em 95% das vezes, como também propiciam o ganho de peso no longo prazo.

Infelizmente a falta de informação e o vício em comidas “erradas” dificulta esse processo de emagrecimento que deveria ser natural, afinal comer é algo básico e cotidiano, um prazer essencial na vida de qualquer ser humano.

Esta relação complicada com a comida é o que leva muitas pessoas a buscarem dietas restritivas ou da moda. A especialista alerta para o risco dessas dietas: “O benefício de perder alguns quilos nas primeiras semanas, logo é perdido com o efeito sanfona – muitas pessoas se queixam de desenvolver compulsão por alguns alimentos após essas dietas malucas, isso porque a privação alimentar tem um efeito muito negativo em nossa mente e corpo”.

Até mesmo o uso da palavra dieta pode interferir psicologicamente no emagrecimento, isso se deve a ideia negativa de privação e sofrimento que esta palavra carrega. A nutricionista aconselha: “Esqueça esse nome dieta, não busque soluções a curto prazo, pense em criar hábitos melhores, em meu programa de emagrecimento online, eu ensino as pessoas a criar um rotina de hábitos novos, mas sem radicalismo, tem que ser fácil de seguir e incorporar na rotina das pessoas”.

É natural que a maioria das pessoas fracasse ao se submeter a dietas restritivas, mas muitas acabam sofrendo e acreditando que é culpa das mesmas. Se a sua dieta restritiva teve um fracasso, acredite: Isso é sinal que seu corpo está funcionando corretamente como deveria!

A indústria de dietas justifica que você voltou a engordar porque não teve disciplina ou autocontrole. É uma justificativa muito fácil e cômoda para eles: você é que falhou, não foi a dieta que não funcionou! Mas, se quase todo mundo “falha”, o problema deve estar na dieta, e não na pessoa, certo?

Ela também alerta para o uso de comidas industrializadas mascaradas de “saudáveis”: “Durante minha faculdade de tecnologia em alimentos eu estudei diversos tipos de alimentos que são embalados como saudáveis, com zero gorduras trans, mas são absurdamente cheios de corantes, conservantes, açúcares e sódio”.

A Angela aconselha as pessoas que estão buscando uma vida saudável, a dar preferência a alimentos perecíveis ela diz: “A lógica é simples, desembale menos e descasque mais”.

Como é difícil saber o que comer, não é mesmo? São tantas opções disponíveis, tantas regras a seguir e tanto medo de engordar que cada refeição pode nos deixar cheios de angústia sobre o que e quanto comer. Isso sem falar nos modismos que surgem todos os dias. Hoje não se pode comer determinado alimento porque ele pode engordar ou fazer mal, amanhã o mesmo alimento passar a ser visto como emagrecedor.

E Angela aconselha: “Procure sempre um programa alimentar que seja feito por um profissional, hoje em dia existem muitos programas de emagrecimento de qualidade e com preço acessível – fuja de pílulas magicas e dietas malucas e não se esqueça: Sua saúde e autoestima são o bem mais precioso que você possuí não os deixe de lado”.

E para saber mais sobre o programa de emagrecimento da Angela, basta digitar Mania Detox da Angela Faustin em seu navegador.

Informações de Contato:
Nome: Dra. Angela Maria Faustin de Jesus
E-mail: angelafaustin@doutornatural.com.br
Telefone e WhatsApp: (043) 99116-1294

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados