Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Tendências digitais que moldam o futuro dos negócios

Tendências digitais que moldam o futuro dos negócios
17:00 pm ,5 de setembro de 2018

Afinal, é uma forma de oferecer diferencial para seus consumidores. Normalmente isso significa facilidade, praticidade e até mesmo economia para quem compra.

As tendências digitais estão moldando a maneira de fazer negócios.

Tendências digitais

IA (Inteligência Artificial)

Empresas que buscam constante atualização já fazem testes há algum tempo com a Inteligência Artificial.

Entretanto essa tendência tende a se estabelecer. As companhias aumentam, com isso, a eficiência e a satisfação do cliente. No marketing, a IA vai melhorar as análises e o perfil do público-alvo e consolidar novas estratégias de personalização.

Além dos recursos oferecidos para a utilização dos dados, o próprio fluxo de trabalho nos canais digitais irá melhorar.

Conclui-se que os algoritmos inteligentes permitem a elaboração de campanhas mais eficientes para o e-commerce, e fornecem softwares de grande valia para a produtividade. Com isso, o mercado na internet sofrerá um grande impacto positivo.

Demanda de dados (Dados em tempo real)

Para utilizar a grande quantidade de dados gerados, as empresas precisam de modernização e automatização através de sistema de análise de dados em tempo real.

Primeiramente isso garante que os processos sejam mais eficientes, melhorando a competitividade do negócio.

Além da agilidade, essas tendências digitais permitem a previsão de acontecimentos e reduzem o risco de falhas. Com isso, temos clientes muito mais satisfeitos com os serviços e produtos oferecidos pelas marcas.

Por fim, obter os dados em tempo real requer tomar decisões rápidas. O principal objetivo é tomar decisão.

Separamos um artigo sobre Growth Hacking e como aplicar ao negócio. http://www.legions.biz/blog/o-que-e-growth-hacking-e-como-aplicar-no-negocio/

Realidade Estendida (realidade virtual)

A realidade virtual vai ajudar o usuário na sua jornada de compra, uma vez que possibilita uma melhor visualização do produto ou serviço.

Contudo muitas lojas de móveis já utilizam recursos que permitem ao seu cliente analisar como sua casa vai ficar com os produtos novos.

Igualmente as imobiliárias, por sua vez, demonstram aos consumidores o interior das casas e apartamentos para que eles possam conhecer o imóvel antes mesmo de visitá-lo. O mercado, portanto, tenderá a ficar muito aquecido com esse novo recurso tecnológico.

Impressoras 3D

Você sabe que as impressoras 3D não são tão tendência assim, no entanto, muitos engenheiros, cientistas e empreendedores trabalham para otimizar os recursos proporcionados pela tecnologia existente.

A partir de um momento vai ser comum vermos móveis, roupas, próteses mecânicas e… comida. Isso mesmo. Uma startup espanhola, inclusive, já desenvolveu um aparelho que pode ser utilizado na cozinha, chamado Foodini. https://www.naturalmachines.com/

Da mesma forma até mesmo casas poderão ser feitas, como o projeto de impressora que imprime uma casa de 230 m² em 20 horas. https://www.youtube.com/watch?v=wCzS2FZoB-I

Carros autônomos

O mercado de automóveis irá sofrer turbulências nos próximos anos, principalmente as montadoras e concessionárias.

Contudo as vendas de carros particulares tenderão a diminuir muito quando as pessoas decidirem não utilizar um automóvel próprio, mas se cadastrar em empresas de compartilhamento e direito de uso.

Elas irão a um estacionamento dessas companhias, pegarão um carro para utilizar por algumas horas ou dias, e depois devolverão o automóvel no mesmo ponto ou em outro da empresa, pagando pela quilometragem ou tempo de uso.

Provavelmente isso pode representar o fim das concessionárias.

Comentarios

Comentarios

Copyright © 2015 WEspanha. Todos os direitos reservados